PLACAR

Pucinelli sofre virada nas oitavas em Guayaquil

Matheus Pucinelli (Foto: Challenger de Guayaquil)

Guayaquil (Equador) – Depois de ter vencido seu jogo de estreia no challenger de Guayaquil, Matheus Pucinelli foi eliminado nas oitavas de final do torneio em quadras de saibro no Equador. Ele foi superado pelo chileno Alejandro Tabilo, cabeça 5 do torneio e 125º do ranking, com parciais de 4/6, 6/1 e 6/2 em 2h04 de partida nesta quarta-feira.

Por ter avançado uma rodada em Guayaquil, Pucinelli recebe sete pontos na ATP. O jovem paulista de 22 anos é o atual 337º do ranking. A melhor marca de sua carreira é o 190º lugar, alcançado em setembro do ano passado.

Com a queda de Pucinelli, o único brasileiro ainda restante na chave de simples é Felipe Meligeni. O paulista de 25 anos e 147º do ranking é o cabeça 7 do torneio e enfrentará o holandês vindo do quali Max Houkes, 367º colocado. Em caso de vitória, ele enfrentará nas quartas o vencedor do duelo argentino entre Marco Trungelliti e Facundo Diaz Acosta.

Em um primeiro set com cinco quebras, Pucinelli esteve por duas vezes atrás no placar, mas buscou o empate no oitavo game e voltou a quebrar no último game da parcial. Tabilo começou o segundo set salvando quatro break-points, mas depois estabeleceu o domínio da partida, conseguindo três quebras e perdendo apenas mais um ponto no saque até o fim do set.

O ritmo arrasador do chileno continuou no terceiro set e ele saiu vencendo por 4/0, chegando a vencer dez games seguidos. Só então, Pucinelli voltou a confirmar um game de serviço e ainda devolveu uma das quebras, mas ele ainda perderia o saque mais uma vez no fim do jogo.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE