PLACAR

Primeiro título de Evert em Wimbledon completa 50 anos

Foto: Jimmie48/WTA

Londres (Inglaterra) – Martina Navratilova e Chris Evert estão no All England Club nesta 137ª edição de Wimbledon e falaram de sua forte história na competição, bem como entre si. Navratilova, está com 67 anos enquanto que Evert tem 69 anos. Já se passaram 50 anos desde que Evert conquistou o primeiro de seus três títulos em Wimbledon. “Não me lembro de nada”, disse Evert, sorrindo. Navratilova encerrou a carreira com nove títulos de simples no Grand Slam inglês.

Ela tinha 19 anos e vinha de seu primeiro título importante em Roland Garros na primavera de 1974. Evert chegou ao All England Club com uma sequência de 27 vitórias consecutivas.

“Lembro que naquele ano eu nunca deveria ter vencido Wimbledon porque estava no mesmo torneio que Billie Jean King, que eu ainda não havia vencido na grama, e Evonne Goolagong”, disse Evert. “Para minha sorte, Olga Morozova venceu Billie Jean King e Kerry Reid venceu Evonne Goolagong”, contou em entrevista a Greg Garber.

Mas teve a sorte de escapar da batalha na primeira rodada, com a australiana Lesley Hunt, da Austrália. A partida foi suspensa com o placar de 8/6, 5/7, 9/9.

Na época, noiva do astro Jimmy Connors, Evert assistiu à partida do dia em Wimbledon na televisão – sua partida incompleta contra Hunt. “O que devo fazer?”, ela perguntou a Connors. “Vá para a rede no backhand dela”, ele respondeu. “Mas eu não vou para a rede”, disse Evert. “Vá para a rede no backhand dela”, repetiu Connors. “Cada vez que ela entra na rede, ela ganha o ponto. Ela tem um slice backhand, ela não vai passar por você.”

No dia seguinte, Evert foi à rede três vezes no primeiro game. Primeira vez. Hunt acertou um backhand na rede, então Evert acertou dois voleios fáceis e venceu a partida por 11-9 no terceiro.

A seguir, passou por Isabel Fernandez de Soto, da Colômbia, por duplo 6/1.Vitórias diretas sobre Mona Guerrant e Helga Masthoff a levaram às semifinais. “Joguei contra Kerry Reid nas semifinais e nunca tinha perdido dla”, disse Evert. E na decisão contra  Olga Morozova, outra para quem nunca havia perdido, Evert faturou seu segundo título importante consecutivo com parciais de 6/0 e 6/4.

Na semana passada, quando um membro da imprensa perguntou o que as surpreendeu quando realmente se conheceram, os olhos de Navratilova brilharam. “Chris parecia tão afetada e adequada. Mas então ela toma uma taça de vinho e é uma pessoa diferente. Ela conta as piadas mais sujas. Ninguém sabe. Ainda me lembro de algumas delas.”

Evert, por sua vez, diz: “Ótimo, ótimo. Acho que Martina no começo era… sem noção. Muito opinativa, muito controversa”, continuou Evert. “Ela simplesmente estava pronta para atacar qualquer tipo de problema. Acho que à medida que ela envelhece, ela fica mais protetora.”

Navratilova continua: “Você é o contrário. Você era muito mais reservada naquela época. Agora você é muito mais um livro aberto. Com o nosso câncer, eu estava num buraco, não queria que o mundo visse nada. Eu não queria me ver no espelho, então certamente não queria que mais ninguém me visse. Você foi muito mais pública sobre seu tratamento e tudo mais. É engraçado. Mas acabamos no mesmo lugar.”

Depois de mais de meio século de terem jogado pela primeira vez, elas passaram de rivais a amigas. As duas falaram sobre o próximo documentário que enfocará seu complicado relacionamento e foi destaque das coletivas de imprensa pré-torneio de Wimbledon. Ambas ganharam 18 títulos de Grand Slam de simples e chegaram ao nº 1 do mundo e superaram o câncer, lutas que serviram para aprimorar suas qualidades. “Ela é uma pessoa melhor do que eu”, disse Evert. “Não sei sobre isso. Temos nossos momentos”, retrucou Navratilova.

Subscribe
Notificar
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo A.
Paulo A.
6 dias atrás

Duas divas do tênis. Muito bom que ainda estejam por aí, contando suas estórias…

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE