PLACAR

Porto Alegre sedia Brasil Tennis Open na Associação Leopoldina Juvenil

Matheus Pucinelli (Foto: João Pires/ Foto Jump)

Porto Alegre (RS) – O Brasil Tennis Open está prestes a agitar as quadras da Associação Leopoldina Juvenil, em Porto Alegre. O torneio integra o ATP Challenger Tour e acontece de 28 deste mês a 05 de maio na Associação Leopoldina Juvenil, distribuindo US$ 41 mil em premiação.

A lista de tenistas conta com representantes de 14 países e alguns dos principais nomes do tênis nacional. Com jogadores da nova geração do Brasil e atletas da Europa, Américas do Norte, Central e Sul e da Ásia, o torneio promete uma variedade de jogos emocionantes para todos os gostos.

O Challenger de Porto Alegre também oferecerá aos espectadores uma série de atividades e entretenimento entre os jogos. Desde sessões de autógrafos até experiências interativas, sempre haverá algo para todos os presentes, tornando o evento não apenas uma competição, mas também uma celebração do esporte.

“Estamos empolgados em levar este evento para Porto Alegre, disse Danilo Marcelino, diretor da competição. “Para o Instituto Sports, é sempre muito importante dar oportunidade aos tenistas brasileiros neste momento em que estão buscando pontos para subir no ranking e jogar torneios maiores. Jogar em casa é sempre melhor, com despesas em reais, e premiação em dólar, a torcida apoiando e o deslocamento mais fácil e barato. E com o alto nível das competições, todos saem ganhando, além de levar de volta o esporte à locais de tradição no tênis, como a Associação Leopoldina Juvenil”, afirmou Marcelino.

Os ingressos serão gratuitos e estarão disponíveis para retirada online. Em breve serão dadas mais informações a respeito.

3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Luis
Luis
1 mês atrás

Parabéns pela iniciativa!

Gusmão
Gusmão
1 mês atrás

Parabéns ao Danilo Marcelino e Instituto Sports.

A CBT tem que esforçar mais e tentar fazer como a pouco mais de 10 anos atrás. Teve 34 Torneios ITF e Vários Challenger, fora os ATP’s em uma mesma temporada.
Tinha Dirigentes experientes, e a Koch/Tavares.

Força Brasileiros.

Gustavo Schmitz
Gustavo Schmitz
1 mês atrás

Showww… como fico sabendo sobre os ingressos?

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE