PLACAR

Pigossi sofre virada após 3h22 e cai nas oitavas na Colômbia

Foto: Copa Colsanitas Zurich

Bogotá (Colômbia) – Por um ponto, Laura Pigossi não conseguiu chegar às quartas de final do WTA 250 de Bogotá pelo terceiro ano consecutivo. A número 2 do Brasil e 119ª do mundo esteve muito perto da vitória contra a romena Irina Bara, 178ª colocada, mas não aproveitou as duas chances de sacar para o jogo e o match-point que teve no segundo set. Com isso, Bara buscou a virada, com parciais de 3/6, 7/6 (7-3) e 6/4 em 3h22 de partida.

Pigossi tentava chegar às quartas de um WTA 250. Além das duas boas campanhas recentes, com destaque para o vice em 2022, ela também fez quartas no saibro de Varsóvia em 2022. A paulistana de 29 anos retorna a São Paulo para jogar o confronto entre Brasil e Alemanha pela Billie Jean King Cup, no Ginásio do Ibirapuera, nos dias 12 e 13 de abril.

Vinda de uma vitória expressiva sobre a top 70 Nadia Podoroska na estreia, Pigossi defende 30 dos 60 pontos que tem a descartar na próxima semana. A projeção é de que ela caia pelo menos cinco posições, ficando mais distante de um retorno ao top 100 da WTA. Algoz de Pigossi, Bara enfrenta nas quartas a italiana Sara Errani, ex-top 5 e atual 117ª colocada aos 36 anos. Errani derrotou a espanhola Sara Sorribes, cabeça 3 do torneio e 50 do mundo, por 6/2, 4/6 e 6/4.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Pigossi foi superior no primeiro set e conseguiu duas quebras, escapando de um break-point quando sacava para fechar. Bara saiu vencendo o segundo set por 2/0, mas Pigossi devolveu a quebra de imediato e chegou a vencer quatro games seguidos. A brasileira seguia muito sólida nos ralis de fundo e sustentava as trocas longas, fazendo bom uso dos slices. Com pressão constante sobre o segundo serviço da romena, criou mais três break-points. E ainda que a rival tenha conseguido se salvar, Laura sustentou sua vantagem até o 5/3.

Quando a brasileira estava perto da vitória, com 0-30 no saque da adversária no nono game da parcial, a chuva caiu sobre a capital colombiana. A árbitra de cadeira continuou apenas aquele game, confirmado com muito custo pela romena, e depois o jogo foi interrompido por quase uma hora. Na volta, Laura chegou a ter um match-point, mas não sustentou o serviço e permitiu que a romena empatasse a partida. Depois de mais uma troca de quebras e de a número 2 do Brasil sacar novamente para a vitória, a definição da parcial foi para o tiebreak, vencido pela romena.

No início do terceiro set, Bara saiu vencendo por 3/1. Pigossi devolveu a quebra e buscou o empate. O sétimo game da parcial foi muito longo e com oportunidades para os dois lados. Com as condições bem mais pesadas na quadra, o jogo mudou. Os ralis longos foram mais frequentes e bolas mais altas eram vistas dos dois lados. Bara voltou a quebrar para fazer 4/3. Pigossi recebeu atendimento da fisioterapeuta para um desconforto na perna esquerda, a mesma do joelho já enfaixado. Nos últimos games da partida, Bara confirmou rapidamente seus serviços e consolidou a virada.

17 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
JONY MARCIO SANTOS
JONY MARCIO SANTOS
19 dias atrás

A romena foi esperta. Assim que confirmou o serviço no segundo set (4/5), saiu correndo da quadra antes mesmo da juíza avaliar se a chuva ia permitir ou não que o jogo continuasse. Laura ficou pistola da vida.

Dennis Silva
Dennis Silva
18 dias atrás
Responder para  JONY MARCIO SANTOS

Pigossi tentou dar um migué no final do jogo e dançou

Blumenau
19 dias atrás

Não é desmerecendo a adversária, mas a Pigossi foi incompetente. Estar na frente o tempo todo e depois sacar duas vezes pro jogo, não fechar, perder o tiebreaker depois ao ver que não aguentaria mais, pedir atendimento médico para justificar a derrota é o que normalmente vem acontecendo quase sempre nos jogos dela, mas pelo menos desta vez não tomou pneu no 3º set. Espero que os torcedores apaixonados e os politicamente corretos não venham xingar e agredir quem está fazendo uma análise isenta. Foi um dia de derrotas para os brasileiros e brasileiras, os mesmos que são chamados por alguns como armada brasileira e brazilian storm. Taí os resultados que não deixam mentir. Nosso tênis é um exército brancaleone. Espero, mas não confio, que a Bia hoje nos livre de mais decepção. Como o jogo dela vai ser após a meia-noite não vou perder a minha noite de sono, amanhã ficarei sabendo o resultado. Boa noite a todos.

Bukele
Bukele
18 dias atrás
Responder para  Blumenau

O problema é quando certos haters começam com esses papos de que todo brasileiro é péssimo. A maioria dos países não tem tenistas do calibre do Brasil. Essas frases como “Nosso tênis é um exército brancaleone.” é frase criada por hater. Entenda, embora o Brasil pudesse sim ser melhor, também não somos tão horríveis como alguns desenham. Tem gente que acha que temos obrigação de ter uma escola estilo França, EUA de formação de vários top 50 contínuos.Um bando de exagerados. Cada coisa acontecerá em seu tempo:o Brasil já foi uma nulidade em ginástica artística, surfe, tiro com arco, canoagem etc por exemplo, e hoje temos aí campeões mundiais.

Blumenau
18 dias atrás
Responder para  Bukele

Não é o problema como citas. O problema são os torcedores furiosos que não aceitam críticas aos seus atletas e atacam quem os criticam. E fácil chamar os outros de haters, principalmente sem ter argumentos para contrapor, exatamente o seu caso.

Paulo Lara
Paulo Lara
19 dias atrás

aaaaah que peninha Larinha. abraço do seu tio e eterno fã. sempre juntos ♡

João Sawao ando
João Sawao ando
19 dias atrás

Vamos em frente Laura

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
19 dias atrás

Parabéns Pigossi, uma pena a derrota, segue o jogo.

Marcus Dantas
Marcus Dantas
19 dias atrás

Muitas chances perdidas né, dificil ate de comentar.

Dennis Silva
Dennis Silva
18 dias atrás
Responder para  Marcus Dantas

A adversária também teve. Deve ter Só um olho.

Anderson Barbosa Paim
Anderson Barbosa Paim
19 dias atrás

Fraquíssima! Perdeu MP! Uma coitada, guerreira mas técnica e mental zero.

Dennis Silva
Dennis Silva
18 dias atrás
Responder para  Anderson Barbosa Paim

Disse tudo.

Dennis Silva
Dennis Silva
18 dias atrás

Pigossi voltando a sua rotina. Sem surpresas.

Márcio
Márcio
18 dias atrás

Dentre outros fatores, o tênis é sensacional por isso tbm, por conta do equilíbrio, há jogos que podem ir pra qualquer lado! Dessa vez, infelizmente, foi pra adversária da nossa medalhista olímpica! Laura fez boas partidas nas últimas semanas, manteve-se no top 130, angariou razoável prize money e vai agora pra BJK!! Boa sorte!

Edmar
Edmar
18 dias atrás

Para a Laura sacar ou receber não sei o que é pior. Sacou para o jogo duas vezes o que não significa nada porque o saque dela não ajuda muito. Difícil jogar só no erro da adversária, quando a adversária acertou a mão ganhou o jogo e olha que é outra era passadora de bola de também .É a realidade da Laura, que pode ir mais além nesses WTA 250 e quem sabe beliscar um grand slam via qualidade, no mais são torneios menores que ela pode ir mais longe. Mas é uma batalhadora que busca seu lugar ao sol.

Marco Rodrigues
Marco Rodrigues
18 dias atrás

Foi uma pena. Duas coisas a comentar:
1. A romena não teve uma conduta legal. Viu que ia perder e saiu da quadra reclamando da chuva no final do segundo set, com 4×5 no placar e saque da Laura. Dava para o jogo continuar e pelo menos fechar o set, que estava sendo dominado pela Laura. Dificilmente a Bara viraria o jogo, já que naquele momento a Laura estava confirmando seus games de serviço com facilidade.
2. Infelizmente, a Laura perdeu para si mesma. Muitas escolhas erradas e erros de execução em bolas fáceis. No final do segundo set, antes da paralisação, teve dois 15×40 no saque da adversária e não consolidou a quebra, o que seria fatal para a romena. Caiu na armadilha das deixadinhas da adversária e, em todas elas, cometeu o mesmo erro. Faltou ali mais recursos técnicos para matar os pontos, pois chegava com facilidade nas bolas curtas, mas não sabia o que fazer, devolvendo na mão da adversária e tomando a passada. No terceiro set, no game em que sofreu a quebra definitiva, cometeu duas duplas faltas seguidas em game points.
É uma lutadora, tem muita garra, se vira bem nas trocas de fundo, mas precisa evoluir em vários aspectos.
Ficamos na torcida.

Luiz
Luiz
18 dias atrás

Muito fracas. Só balão e a Pigossi não sabe definir o voleio, entrega sempre no fundo na mão da adversária. Slice é horrível.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE