PLACAR

Pigossi é superada nas quartas no saibro de Valência

Foto: Tennis Club Caserta

Valência (Espanha) – Depois de duas vitórias na semana, uma delas salvando cinco match-points na última quinta-feira, Laura Pigossi foi eliminada nas quartas de final do WTA 125 de Valência, em quadras de saibro na Espanha. A número 2 do Brasil e 125ª do mundo foi superada pela bielorrussa Iryna Shymanovich, 275ª colocada, com parciais de 6/0 e 7/6 (7-1) em 1h58 de partida.

A campanha até as quartas rende 27 pontos no ranking da WTA para Pigossi, que deve se firmar entre as 110 melhores do mundo. A paulistana de 29 anos poderia até voltar ao top 100 caso alcançasse a final em Valência. Ela agora inicia a preparação para o quali de Wimbledon, que começa em dez dias.

Algoz de Pigossi, Shymanovich já treinou no Rio de Janeiro nos últimos anos e foi parceira de Ingrid Martins nas duplas. A bielorrussa enfrenta a búlgara Viktoriya Tomova, principal cabeça de chave, na semifinal.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Em um primeiro set marcado por games longos, Shymanovich era quem levava vantagem nos pontos mais importantes. Ela aproveitou as três chances de quebra que teve. E mesmo enfrentando muita pressão em seus games de saque, salvou sete break-points e conseguiu aplicar um ‘pneu’.

Só no início da segunda parcial que Pigossi conseguiu confirmar um game de serviço e sair do zero no placar. Mas Shymanovich logo voltaria a quebar e chegou a abrir 4/1. Não faltou luta para a brasileira, que conseguiu buscar o empate no oitavo game.

Vinda de um jogo de três tiebreaks e 3h50 no dia anterior, ela chegou a receber tratamentos nas costas e na coxa. Pigossi forçou o tiebreak no segundo set, mas cometeu uma dupla falta logo cedo e sofreu com boas devoluções da rival com backhand. Shymanovich dominou o tiebreak e fechou o jogo em sets diretos.

Brasileira se retira das duplas

Pigossi ainda estava inscrita na chave de duplas, ao lado da norte-americana Sabrina Santamaria. Elas jogariam no fim da rodada desta sexta-feira contra as convidadas locais Charo Esquiva e Angela Fita Boluda, mas a brasileira se retirou da competição. Segundo a equipe, ela relatou cãimbras e um desconforto nas costas. E com isso, terá maior tempo de recuperação antes de jogar na grama. Ela também não disputará torneios na semana que vem.

6 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Adalberto
Adalberto
1 mês atrás

Nossa guerreira oscilou … compreensível….
E cedeu para a pseudo-carioca Iryna… que não perdoou…

DENNIS SILVA
DENNIS SILVA
1 mês atrás

Tecnicamente, o jogo foi fraco.

Blumenau
Blumenau
1 mês atrás

Faltou gás! Teve oportunidades de levar o segundo set e mesmo que fosse pro terceiro, não ia dar, estava sem pernas.

Última edição 1 mês atrás by Blumenau
Neto
Neto
1 mês atrás

Depois da última batalha era óbvio que seria muito difícil devido, principalmente, ao cansaço. Pena. Mas está de parabéns a Pigossi!!
Vamos para o proximo!

Andre Borges
Andre Borges
1 mês atrás

Estava morta, depois da batalha de ontem derrota mais que normal….

JBG
JBG
1 mês atrás

Olha assisti ao jogo e infelizmente nossa guerreira Laurinha estava mesmo no limite por conta da batalha travada contra Rebecca Sramkova, era nítido cansaço, mais foi forte mentalmente, chamou fisio e ficou firme até final. Mostrou-se irritada algumas vezes as duas com muitos enf e soltando gritos de alívio quando ganhava certos pontos. Agora não uma crítica dura contra WTA 125 de Valência por sinal belíssima cidade, inclusive rota incrível de Sprinters icônicos de “La Vuelta da Espanha”, mas sim uma ressalva, Quadra central até que é legalzinha e aconchegante mas dependendo do horário tem um sombra horrível na metade da quadra, ali é um complexo misto de clube, muito barulho com um corredor que podia-se passar horas que quizesse, arquibancadas em formato L até sem problemas, tinha uma piscina no fundo barulhenta em atividade na hora do jogo terrível, quadra ao lado esquerdo do citado corredor com jogo rolando mais barulho e depois dessa quadra tem um alambrado com calçada e pasme uma avenida com tráfico intenso, buzinas e arrancadas de carros eram frequentes. Sei que não é desculpa mas senti ali que vida de tenistas não é mole não, concentração é tudo não é fácil em certos torneios, e olha que tem lugares piores que esse de Valência, nível do mar e achei também quadra pesada muito úmida, portanto bola não andava estava pesada, exigindo mais força das jogadoras. Que castigou Laurinha que estava sem essa energia desta vez, mas no geral jogo foi bom. Vamos pra próxima Laurinha nossa guerreira, parabéns torci muito. Campeã provavelmente será Búlgara cabeça número 1 Viktoriya Tomova.

Última edição 1 mês atrás by JBG

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE