PLACAR

Pigossi deixa escapar vantagem no 3º set e leva dura virada

Laura Pigossi (Foto: WTA 125 San Luis Open)

Roma (Itália) – A paulista Laura Pigossi ficou perto de conseguir furar o quali de um WTA 1000 pela primeira vez, saiu na frente da espanhola Rebeka Masarova e teve vantagem no terceiro set, mas amargou a derrota. A número 2 do Brasil e atual 125 do mundo levou uma dura virada depois de 2h53 de batalha em Roma e caiu com o placar final de 6/7 (3-7), 6/3 e 7/5.

O jogo começou com três quebras seguidas nos primeiros games e vantagem para Masarova, que em seguida chegou a abrir 3/1. A espanhola manteve a vantagem no placar até sacar em 5/4 para fechar, quando Pigossi salvou um set-point e conseguiu devolver o break. A definição foi então para o desempate, no qual a paulista teve grande arrancada final, saindo de 2-3 para 7-3.

Na segunda parcial, a espanhola novamente foi a primeira a quebrar, desta vez no quarto game. Ela teve a chance de ampliar a vantagem no sexto, mas perdeu um break-point. Depois disso, as chances foram só para Pigossi, que deixou escapar dois break-points no sétimo game e mais um no nono e último, quando Masarova decretou o empate e levou a decisão para o terceiro set.

Após sair atrás nas duas parciais anteriores, Pigossi largou na frente na terceira, obteve quebra no sexto game e abriu 4/2. Porém, depois disso ela sofreu em todos os games de serviço e só venceu mais um. Masarova devolveu o break no sétimo, perdeu quatro chances de quebra no nono e no 11º bateu o saque da brasileira para em seguida confirmar o seu e fechar a partida.

Meligeni perde para 115 do mundo e não fura quali em Roma

16 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
João Sawao ando
João Sawao ando
18 dias atrás

Poxa que pena Laura

Paulo A.
Paulo A.
18 dias atrás
Responder para  João Sawao ando

Guerreira como sempre. E o saibro lento a favorecia, pena mesmo…

João Sawao ando
João Sawao ando
18 dias atrás
Responder para  João Sawao ando

Dalcim. O próximo e o qualy de Roland garros?

José Nilton Dalcim
Admin
18 dias atrás
Responder para  João Sawao ando

Talvez ela ainda jogue um torneio na próxima semana.

Guilherme Alcantara
Guilherme Alcantara
18 dias atrás

Mais do mesmo. Tinha dito ontem que não furava esse quali. Mas aí vem os mimizentos que não respeitam opiniões, dizendo que torço contra. Pelo contrário, sou pra no chão e não me iludo apenas.

Ramon Silva
Ramon Silva
18 dias atrás
Responder para  Guilherme Alcantara

É sempre assim…pessoal jura que ela tem condições de ser top 100 e não tem…saca a 20 km ( ironia) , não tem um golpe forte…aí só pq ela corre de um lado para o outro, acham que ela vai arrebentar…

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
18 dias atrás
Responder para  Ramon Silva

Me desculpe , golpe forte no feminino é só do top 40 pra baixo… acima disso não tem uma que saca bem…exceto aquelas de 18 a 20 anos que estão começando, vide que nesse jogo foi parelho, perdeu no detalhe., mas podia ter ganho. E tem que torcer a favor mesmo.

DENNIS SILVA
DENNIS SILVA
18 dias atrás

Sempre perde na primeira ou segunda rodada de quali. E olha que houve aumento na chave. Antes era 64. Muitos nem participariam do quali. Nossa esperança está no Fonseca, Wild e Bia.

Marcus Martins
Marcus Martins
18 dias atrás
Responder para  DENNIS SILVA

Fonseca não joga

André
André
18 dias atrás

A foto naquela posição de quem aplicou um slice de 3m de altura rs. Brincadeiras à parte, respeito a Laura pelos resultados que consegue com todas suas limitações.

JotaDuLL
JotaDuLL
18 dias atrás

Vamos lá Laura, apenas continue. Os que simplesmente seguem em frente têm a marca dos vencedores. Seguimos na torcida, por ti e por todos que carregam nossa bandeira. Já estive pessoalmente com todas elas, quando da BJK e é perceptível a melhora no rendimento pois a estrutura e o apoio aumentaram. Antes nem no “quali” entravam, agora até convites são recebidos, pelo masculino no caso. Enfim, apenas prossiga Loirinha. Aos demais que lograram êxito, parabéns. VamosQVamoS!!!

Thiago
Thiago
18 dias atrás

Os roteiros são sempre muito parecidos. Laurinha basicamente joga sem serviço. Ou seja, confirmar pra ela é um martírio (e pra nós que assistimos, idem. Rs)

Blumenau
Blumenau
18 dias atrás
Responder para  Thiago

A questão é potência, o saque dela é previsível e fraco, não machuca ninguém. Assim fica difícil de esperar classificação em grandes torneios. Semana que vem terá nova chance de marcar pontos num torneio menor, se as pitocas deixarem. Boa sorte.

Última edição 18 dias atrás by Blumenau
Paulo Mala
Paulo Mala
18 dias atrás

Laurinha, nossa Sara Errani que não consegue entrar no top100
Ambas com saque bem irrelevante, mas não sei como a italiana conseguiu ficar 3 anos no top10. Uma bizarrice gritante na wta

Guilherme Ribeiro
Guilherme Ribeiro
18 dias atrás

Que pena. Jogo duro. No detalhe do terceiro set.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE