PLACAR

Pigossi cai nas oitavas no Chile e segue para Floripa

Foto: LP Open by IND

Colina (Chile) – Depois de ter vencido sua partida de estreia no WTA 125 de Colina, Laura Pigossi se despediu nas oitavas de final do torneio em quadras de saibro no Chile. A número 2 do Brasil e 136ª do mundo foi superada nesta quinta-feira pela norte-americana Elizabeth Mandlik, sétima cabeça de chave e 125ª do ranking, com parciais de 3/6, 6/4 e 6/0 em 1h56 de partida.

Por ter avançado uma rodada, Pigossi recebe 15 pontos na WTA, mas ela tinha 29 a defender nesta semana. Ainda assim, a paulistana de 29 anos está perdendo apenas uma posição no momento e apenas três jogadoras da chave ainda podem ultrapassá-la. Seu próximo compromisso será o WTA 125 de Florianópolis na semana que vem.

Algoz de Pigossi em Colina, Mandlik marcou sua segunda vitória em três jogos contra a brasileira, repetindo o resultado da rodada final do quali de Roland Garros. A tenista de 22 anos é filha de Hana Mandlikova, vencedora de quatro títulos de Grand Slam. Sua próxima rival será a ucraniana Yuliia Starodubtseva.

Pigossi teve excelente desempenho no primeiro set, aproveitando novamente as condições mais rápidas por conta da altitude. Ela não enfrentou break-points e cedeu apenas oito pontos nos games de serviço. A brasileira conseguiu uma quebra logo no game de abertura e ampliou a vantagem no último game da parcial.

No segundo set, Mandlik conseguiu pegar melhor o tempo de bola das devoluções e passou a pressionar o saque de Pigossi com maior frequência. A norte-americana saiu vencendo por 3/0, com duas quebras de vantagem e chegou a liderar por 5/1. Pigossi devolveu uma das quebras e teve três break-points no último game do set, mas não evitou a perda da parcial.

Já no último set, o índice de acerto de saque de Pigossi caiu bastante, de 72% para 53%. Mais vulnerável, ela passou a sofrer muita pressão no segundo serviço, vencendo apenas um ponto em nove possíveis. Mandlik conseguiu três quebras na parcial decisiva e cedeu apenas cinco pontos nos games de serviço.

Carol Meligeni e Rebeca Pereira caem na estreia de duplas
Já pela chave de duplas, a parceria brasileira de Carolina Meligeni Alves e Rebeca Pereira foi eliminada ainda na rodada de estreia, no fim de noite da última quarta-feira. Elas foram superadas pela peruana Lucciana Perez e pela chilena Daniela Seguel com parciais de 6/4, 4/6 e 10-4.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE