PLACAR

Pietra Rivoli e Pedro Chabalgoity conquistam 2º ITF no Chile

A sexta-feira foi de dois títulos para o tênis brasileiro ITF J60 de Santiago. A gaúcha Pietra Rivoli e o brasiliense Pedro Chabalgoity venceram o torneio em quadras de saibro na capital chilena. Para ambos, é o segundo título no circuito juvenil da Federação Internacional.

Pietra acumula dez jogos de invencibilidade, já que havia conquistado seu primeiro ITF na semana passada, também em Santiago. A gaúcha de 15 anos e 582ª do ranking venceu a chilena Camila Rodero por 5/7, 6/1 e 6/3.

A gaúcha também disputou a final de duplas, ao lado da catarinense Gabriela Cho. As brasileiras foram superadas nesta sexta-feira pela Josefa Fuenzalida e Martina Pavissich por 7/6 (7-5) e 6/3. Cho havia feito semifinal em simples, superada pela própria Pietra. Na semana passada, elas foram campeãs de duplas.

Por sua vez, Pedro Chabalgoity conseguiu seu maior título, depois de ter vencido um ITF J30 no Peru em junho. O brasiliense de 15 anos e 793º do ranking superou na final o chileno Francisco Duran, principal cabeça de chave do torneio e 295º colocado, por 6/3 e 6/2.

Tanto Pietra quanto Chabalgoity fizeram parte da equipe brasileira vice-campeã do Sul-Americano de 16 anos e classificada para os mundiais da categoria, as copas Davis e Billie Jean King Junior, que serão disputadas em novembro na Espanha. A gaúcha se mudou recentemente para São Paulo e passou a treinar no Time RTB, mesma equipe da qual o brasiliense também já faz parte.

Também no Chile, Pedro Dietrich foi campeão na categoria 16 anos. Ele venceu o anfitrião Leon Correa por 6/2, 4/6 e 6/1. Este foi seu primeiro título de simples no ano. Já nas duplas, Dietrich foi vice, ao lado do boliviano Luis Acevedo. Eles foram superados na final pelos bolivianos Alejandro Bejarano e Leonardo Suarez por 6/4 e 6/2.

Nicolas Oliveira cai na rodada final do quali em NY
O carioca Nicolas Oliveira, de 17 anos e 90º do ranking, caiu na rodada final do quali do US Open juvenil, superado pelo sul-coreano Hoyoung Roh, 67º colocado por 3/6, 7/6 (7-5) e 10-3. Oliveira vinha vitória na estreia sobre o indiano Manas Dhamne. O quali ainda teve Gustavo Almeida e Henrique de Brito, eliminados ainda na quinta-feira.

Finais definidas em São Paulo
Foram definidos nesta sexta-feira os finalistas da Copa Juninho Tennis, evento ITF J30, que acontece nas quadras de saibro do Corinthians, na capital paulista. O título masculino será decidido entre Enzo Kohlmann e Carlos Gonzales, enquanto a final feminina será entre a paulista Sofia Perovani e a potiguar Beatriz Guerra. As meninas se enfrentam neste sábado às 10h e os meninos jogam na sequência.

Principal favorito no masculino, Enzo Kohlmann venceu o cabeça 3 Luiz Felipe Brandão por 6/3 e 6/2. Na outra semifinal Carlos Gonzales superou Lucas Nakasato por 7/5 e 6/4. Ambos buscam o 1º título no circuito juvenil. Kohlmann, de 16 anos, é o 228º do ranking, enquanto Gonzales ocupa apenas a 1.534º poisção.

Na disputa feminina, a cabeça 1 Sofia Perovani venceu Julia Viesi por 6/2, 6/7 (5-7) e 7/5. A jogadora de 17 anos e 493ª do ranking busca seu segundo ITF. Na outra semi, Beatriz Guerra mantém a boa fase. Vinda de título em Serra Negra, ela venceu Yasmin Costa por 4/6, 6/0 e 6/3

Jornalista de TenisBrasil e frequentador dee Challengers e Futures. Já trabalhou para CBT, Revista Tênis e redações do Terra Magazine e Gazeta Esportiva. Neste blog, fala sobre o circuito juvenil e promessas do tênis nacional e internacional.
Jornalista de TenisBrasil e frequentador dee Challengers e Futures. Já trabalhou para CBT, Revista Tênis e redações do Terra Magazine e Gazeta Esportiva. Neste blog, fala sobre o circuito juvenil e promessas do tênis nacional e internacional.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Quando os tenistas se machucam, mas ainda vencem

ATP seleciona as 10 melhores jogadas do ATP FInals