PLACAR

Pegula rompe com treinador, que se surpreende com o fim

Foto: Reprodução/Instagram

Buffalo (EUA) – Após cinco anos trabalhando junto com o treinador David Witt, a norte-americana Jessica Pegula decidiu romper os laços com o agora ex-técnico, que se mostrou completamente surpreso com a decisão.

“Foi uma surpresa total para mim. Nunca imaginei que isso aconteceria. Eu não vi isso chegando”, afirmou Witt em entrevista ao Tennis.com.

Derrotada precocemente no Australian Open, caindo na segunda rodada diante da francesa Clara Burel, a norte-americana decidiu que era hora de fazer mudanças.

Pegula nunca havia experimentado uma conquista em um torneio WTA antes de trabalhar com Witt, mas desde então ganhou quatro troféus. Contudo, o sucesso no Grand Slam continue ainda pendente para a norte-americana.

Witt admitiu que o rompimento de sua relação de trabalho é difícil de suportar. “Temos uma grande amizade há cinco anos, então é muito duro. Eu realmente valorizo ​​meu relacionamento com meus jogadores tanto quanto adoro treinar”, comentou.

“É um negócio difícil. Tive muita sorte de ter treinado apenas duas jogadoras nos últimos 15 anos”, afirmou Witt, que anteriormente treinou Venus Williams.

As quartas de final são o ponto mais longe que Pegula alcançou em qualquer um dos quatro campeonatos, mas o ex-treinador acredita que isso vá mudar neste ano

“Ela obviamente está batendo na porta (de ganhar um Slam). Nosso objetivo era ganhar um Grand Slam. Obviamente, isso foi interrompido, não consegui, mas acho que todo o resto foi incrível”, afirmou o técnico, que já pensa em buscar novo trabalho para seguir no circuito.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE