PLACAR

Osaka retorna ao tênis com vitória em Brisbane

Foto: Tennis Australia

Brisbane (Austrália) – O retorno de Naomi Osaka ao tênis profissional, depois de se tornar mãe no ano passado, foi com resultado positivo. Convidada para jogar o WTA 500 de Brisbane, a japonesa venceu nesta segunda-feira a alemã Tamara Korpatsch, 84ª do ranking, por 6/3 e 7/6 (11-9) em 1h48 de partida.

Osaka, de 26 anos, estava sem jogar desde setembro de 2022 em Tóquio. Ela anunciou a gravidez há pouco menos de um ano, às vésperas do Australian Open. E sua filha, Shai, nasceu em julho. A vencedora de quatro títulos de Grand Slam também retomou a parceria com o técnico Wim Fissette, que acompanhou nas duas últimas conquistas.

“Nos últimos anos que joguei antes de ter minha filha, sinto que não retribuí tanto amor quanto recebi. Isso é algo que quero fazer neste capítulo da vida”, disse Osaka na entrevista em quadra. “Agradeço muito às pessoas que vieram torcer por mim, porque sinto que houve um tempo em que eu era apenas uma criança tentando ver meus ídolos jogarem. Então, às vezes, parece realmente surreal jogar nessas quadras”.

Durante a partida, Osaka jogou de forma agressiva e mostrou a eficiência de seu forehand para comandar os pontos. Ela terminou o jogo com quase o triplo de winners de sua adversária, 36 a 13, e cometeu 21 erros não-forçados. Depois de dominar o primeiro set com duas quebras e sem enfrentar break-points, a japonesa chegou a liderar a segunda parcial por 5/3. E mesmo sendo quebrada ao sacar para o jogo e tendo que disputar um tiebreak, definiu a disputa em sets diretos.

“Sinto que joguei em um nível muito bom. Acho que minha adversária também jogou muito bem. Honestamente, tudo que consigo pensar é no nervosismo que tive. Então, foi importante passar pela estreia e espero evoluir depois disso. Talvez algumas das minhas decisões em quadra não tenham sido as melhores. Mas acho que é melhor ter partidas mais difíceis porque isso me treinará para o que está por vir. Não quero dizer loucura, mas é muito exagerado pensar que minha primeira partida seria 6/1 e 6/1”.

A próxima adversária de Osaka será outra ex-número 1 do mundo. Ela enfrenta a tcheca Karolina Pliskova, atual 39ª do ranking aos 31 anos. Pliskova lidera o histórico de confrontos por 3 a 2.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE