PLACAR

Osaka estreia com vitória tranquila e desafia Svitolina

Foto: Juarez Santos

Miami (EUA) – Finalista do WTA 1000 de Miami há duas temporadas, Naomi Osaka estreou com vitória nesta quarta-feira. A ex-número 1 do mundo superou a italiana Elisabetta Cocciaretto, 51ª do ranking, por 6/3 e 6/4 em 1h18 de partida.

De volta ao circuito depois de se tornar mãe em julho do ano passado, Osaka está com 26 anos. Ela voltou a jogar em janeiro e tem agora seis vitórias e cinco derrotas na temporada, ocupando no momento o 229º lugar do ranking. Há duas semanas, em Indian Wells, a japonesa chegou à terceira rodada.

A adversária de Osaka na próxima segunda rodada será a ucraniana de 29 anos Elina Svitolina, 17ª do ranking, e que também já é mãe, tendo voltado a jogar em abril do ano passado. O histórico de confrontos entre elas está empatado por 3 a 3, com jogos entre 2014 e 2019.

“É muito bom jogar aqui, eu me sinto em casa. Sinto que fui bastante agressiva hoje e tive que me ajustar ao jogo dela, porque é uma jogadora com ótimos golpes”, disse Osaka, na entrevista em quadra. A japonesa também falou brevemente sobre o próximo jogo. “Eu assistia aos jogos dela no ano passado, lembro que fez uma grande campanha em Wimbledon [até a semifinal]. Eu a admiro muito e sei que será uma partida dura. É uma honra jogar com ela”.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Superada por Osaka nesta quarta-feira, Cocciaretto vinha de uma ótima semana no WTA 125 de Charleston, onde foi campeã. A ainda jovem italiana de 23 anos atingiu o melhor ranking da carreira no último mês de agosto, quando ocupava o 29º lugar.

Com ótimo desempenho nos games de serviço, Osaka disparou cinco aces na partida e não enfrentou break-points. A japonesa cedeu só nove pontos no saque, dois deles em duplas faltas. O primeiro set foi de pressão constante sobre o saque da italiana. Osaka criou seis break-points, conseguiu uma quebra cedo para abrir 3/0 e sustentou a vantagem.

O segundo set foi um pouco mais equilibrado, especialmente porque Cocciaretto cuidou um pouco melhor dos games de saque. Mas Osaka soube aproveitar a chance que teve para quebrar de zero o serviço da italiana, fazer 4/2, e se manter à frente no placar até o final do jogo. A japonesa liderou a contagem de winners por 23 a 13 e cometeu 28 erros contra 29 da rival.

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Ramiro Cora
Ramiro Cora
25 dias atrás

Naomi voltando/se reencontrando…. Uma pessoa maravilhosa. Uma beleza de ser humano. Dignidade no esporte mundial

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE