PLACAR

Noskova avança, mas final de Praga fica para 2ª

Linda Noskova, de 18 anos, vai em busca de seu primeiro título no circuito (Foto: Livesport Prague Open)

* Atualizado após adiamento da segunda semifinal

Praga (República Tcheca) – Depois de um sábado de muita chuva e sem jogos pelo WTA 250 de República Tcheca, a jovem anfitriã de 18 anos Linda Noskova garantiu rapidamente sua vaga na final do torneio em quadras de piso duro. A atual 71ª do ranking marcou um duplo 6/1 contra a alemã Tamara Korpatsch, 99ª colocada.

Durante a partida de apenas 1h05, Noskova liderou com folga a estatística de winners por 25 a 15 e cometeu apenas 12 erros não-forçados contra 18 da rival. A tcheca conseguiu quebrar cinco vezes o serviço da adversária e perdeu apenas um game de saque, apesar de ter enfrentado sete break-points.

Noskova disputará sua segunda final no circuito. Em janeiro, a tcheca ficou com o vice em Adelaide, superada por Aryna Sabalenka na decisão. A campanha em Praga já a reaproxima do top 50. A jovem jogadora tem como melhor marca da carreira o 45º lugar, alcançado em junho.

“Tive que esperar por um dia e meio por esse jogo, fiquei ontem o dia todo no clube, o que foi bem desgastante. Mas consegui jogar da mesma forma que dois dias atrás, o que foi ótimo. Tentei colocar o máximo de bolas em quadra e aproveitei todas as chances que tive para fazer os winners”, disse Noskova durante a breve entrevista em quadra. Ela vinha de uma vitória contundente nas quartas sobre a eslovaca Anna Schmiedlova, também cedendo apenas dois games.

A adversária de Noskova na final que será disputada ainda neste domingo virá da partida entre a japonesa Nao Hibino, 136ª do ranking, e a romena Jaqueline Cristian, 122ª colocada. Voltou a chover quando Hibino liderava por 6/4 e 1/3, forçando a paralisação da partida. A tcheca venceu o único duelo anterior contra Hibino, justamente em Praga no ano passado, enquanto um encontro com Cristian seria inédito.

Segunda semifinal tem três paralisações por chuva


A adversária de Noskova na final virá da partida entre a japonesa Nao Hibino, 136ª do ranking, e a romena Jaqueline Cristian, 122ª colocada. Hibino liderava o placar por 6/4, 6/7 (2-7) e 5/2 após 2h36 de disputa. As duas semifinais começaram no mesmo horário, mas o duelo mais equilibrado entre a japonesa e a romena teve três paralisações por chuva ao longo do dia e será retomado apenas na segunda-feira às 5h (de Brasília). A final de simples acontece na sequência.

A tcheca venceu o único duelo anterior contra Hibino, justamente em Praga no ano passado, enquanto um encontro com Cristian seria inédito. A japonesa também é finalista de duplas em Praga, jogando ao lado da georgiana Oksana Kalashnikova. Elas enfrentam a norte-americana Quinn Gleason e a francesa Elixane Lechemia. Esse jogo deverá encerrar a programação do torneio.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE