PLACAR

Namorada de Fritz conta como é se relacionar com um atleta

Taylor Fritz e Morgan Riddle (Foto: Peter Staples/ATP Tour)

Los Angeles (EUA) – Basta navegar pela página de Morgan Riddle no TikTok e será possível ver uma série de conteúdos que ultrapassam os milhões de visualizações, incluindo aqueles relacionados ao tênis e postagens com o namorado, o norte-americano Taylor Fritz. Entre seus mais de 400 mil seguidores somente na plataforma de vídeos curtos, a jovem de 26 anos é conhecida por um estilo de vida ambicioso, mostrando um pouco de suas viagens e looks de moda enquanto acompanha Fritz nos torneios pelo mundo.

Mas, afinal, como será a vida de quem se relaciona com uma grande estrela do esporte? Em meio ao glamour das redes sociais e eventos de luxo, há também uma enorme pressão social e críticas muitas vezes desproporcionais que afetam a vida de quem vive de perto as competições de alto nível.

No caso da modelo e influenciadora, tornou-se constante o recebimento de mensagens online com falsas suposições sobre ela mesma. “Muitas pessoas têm a ideia de que, se você é uma WAG (esposas e namoradas de estrelas do esporte, na sigla em inglês), basta seguir seu parceiro. Elas acreditam que você não faz nada, não ganha seu próprio dinheiro, não tem sua própria vida e apenas vive deles. Já fui intimidada por causa disso”, revelou em entrevista recente ao site de comportamento feminino Elite Daily.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Ainda segundo Riddle, esses estereótipos nem sempre refletem a realidade da maioria das companheiras não só dos tenistas, mas de atletas de outras modalidades. “Para 90% das mulheres que acompanham de perto o circuito ou apoiam o parceiro em um esporte diferente, esse não é o caso. Conheço mulheres que estão estudando para se tornarem psicoterapeutas”, cita como exemplo.

Apesar de criticar a fama que as WAGs recebem, ela diz entender o apelo que essa posição muitas vezes gera. “[Há interesse] porque é super glamurizado, o que faz sentido. Provavelmente eu também alimento isso por meio do meu conteúdo. É muito divertido, mas é um tipo diferente de estilo de vida, o que significa que pode ser muito difícil também”, explica.

Além disso, Morgan conta que namorar um atleta muitas vezes implica em participar diretamente do trabalho do parceiro. “Muitas pessoas pensam que você simplesmente relaxa, mas é um trabalho de tempo integral. Taylor tem sua própria equipe pessoal, mas como parceira dele, faço parte desse time. Eu estava literalmente mandando uma mensagem para o treinador dele esta manhã.”

“Eu me importo muito com ele, seu sucesso e sua carreira. Estou muito em cima dele e faço muito para ajudar, certificando-me de que ele vai dormir na hora certa, se está comendo bem, se todas as acomodações estão configuradas. Sou muito organizada, e ele é o oposto, mas você precisa de ambos para se equilibrar”, acrescentou.

Por fim, a jovem influenciadora afirma que tem total apoio de Fritz para seguir produzindo seu material e crescendo na mídia, mas ressalta que nem todo mundo seria capaz de lidar bem com essa situação.

“Tem alguns homens que não gostariam da atenção que recebo, principalmente por se tratar do esporte dele. O tênis é a praia dele, é algo pelo qual trabalhou durante toda a vida. Então, quando comecei, eu estava sempre verificando: ‘Você está bem com isso?’ Ele me apoiou muito e não se importa nem um pouco”, finalizou.

@moorrgs Replying to @lilmegyvert starting to think i might be the problem @BODYARMOR ♬ Me Gustas Tu – Manu Chao

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Emerson
Emerson
3 meses atrás

Ela é linda!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Nadal leva público italiano ao delírio com incrível reação

Conheça o que aconteceu nos bastidores do WTA 100 de Madri

PUBLICIDADE