PLACAR

Nadal volta às quadras com vitória e grande atuação contra Thiem

Foto: ATP

Brisbane (Austrália) – O tão esperado retorno de Rafael Nadal foi como os fãs desejavam, com uma vitória e uma atuação de alto nível contra um rival também bastante qualificado. De volta às competições após 349 dias, por lesão e cirurgia na região do quadril, o espanhol venceu nesta terça-feira o austríaco Dominic Thiem por 7/5 e 6/1 em 1h29 de partida.

Nadal estava sem jogar desde o Australian Open do ano passado, quando bateu o britânico Jack Draper na primeira rodada e caiu para o norte-americano Mackenzie McDonald na rodada seguinte. Ele marcou sua 10ª vitória em 16 jogos contra Thiem, a primeira desde a final de Roland Garros em 2019. Aos 37 anos, o ex-número 1 ocupa hoje a modesta 672ª posição do ranking mundial.

Superado por Nadal nesta terça-feira, Thiem vinha de duas viradas no quali. O austríaco de 30 anos e ex-n´umero 3 mundo aparece atualmente no 98º lugar do ranking, e passou pelo australiano James McCabe na estreia e pelo italiano Giulio Zeppieri durante o final de semana.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

O próximo adversário de Nadal em Brisbane pode ser o russo Aslan Karatsev, cabeça 8 em Brisbane e 35º do mundo, ou o australiano Jason Kubler, 102º colocado. Ambos seriam adversários inéditos na carreira do espanhol.

Ovacionado pelo público australiano logo em sua entrada em quadra, Nadal fez um primeiro set de altíssimo nível, especialmente no saque. Ele não enfrentou break-points e cedeu apenas três pontos em seus games de serviço. Apesar da falta de ritmo, o espanhol fez um jogo consistente nos ralis de fundo de quadra e soube aproveitar um momento de erros e uma dupla falta do austríaco para conseguir a quebra no último game da parcial.

O ótimo desempenho no saque continuou no segundo set para Nadal, que seguia sem ter o serviço ameaçado e novamente só perdeu três pontos. Cada vez mais à vontade em quadra e pegando o tempo de bola das devoluções, ele passou a pressionar o saque de Thiem com maior frequência e conseguiu duas novas quebras para vencer a partida em sets diretos.

17 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Gilçon de Jesus
Gilçon de Jesus
5 meses atrás

Nadal , voltou bem , vamos aguardar as próximas rodadas.
Valeu Rafa !!!

Reinaldo
Reinaldo
5 meses atrás

Lá vem o homi!

Marcos
Marcos
5 meses atrás

Segura o Miúúúraaaaa!!!

Adriana Silva
Adriana Silva
5 meses atrás

Bem-vindo de volta, Rafa Nadal!

Nilton Cardoso
Nilton Cardoso
5 meses atrás

Monstro!

Asturias04
Asturias04
5 meses atrás

Imcrivel

Andre Borges
Andre Borges
5 meses atrás

A diferença técnica e mental do Big3 pro resto é brutal. Se o Federer pegar firme uns oito meses nos treinos, ciclar certinho e estiver sem lesão ele faz quartas de final no AO2025 tranquilo. Por isso djocovid com quase 40 sobra no circuito.

Maurício Luís *
Maurício Luís *
5 meses atrás
Responder para  Andre Borges

Essa palavrinha “se” faz uma diferença… Se o Federer pegar firme… Se…

Felipe
Felipe
5 meses atrás
Responder para  Maurício Luís *

ele tem toda razão. O mesmo poderia ser dito, por exemplo, de Sampras quando aposentou. Ele era muito fora da curva e acima dos demais, assim como o big3. Se tivesse continuado, e quisesse, como Nadal sempre mostrou querer, ele continuaria disputando finais de Grand Slam. Sampras parou pq quis, porque queria aproveitar a família e a vida fora da quadra. Federer parou porque sua ultima lesão foi muito complicada e ele tomou um tempo longo demais para retornar, e teria que baixar o santo e ter a determinalão de Nadal para disputar a temporada uma vez mais. Mas ele decidiu parar. Subscrevo total o comentário sobre Federer. Cada jogador estabelece seus limites e a hora de parar. Mas Federer recuperado, nem precisaria 100% de recuperação, uns 80%, ele já seria o favorito do big3 em qq torneio. Federer, Nadal, Sampras… esses caras são gênios, meu amigo. Eles não são como os outros.

Jorge Luiz
Jorge Luiz
5 meses atrás

Thiem nunca mais voltará a ser o que já foi

Jorge
Jorge
5 meses atrás

Saudade desse cara.

Vagner
Vagner
5 meses atrás

O Touro voltou com maestria

David Almeida
David Almeida
5 meses atrás

Nadal está mais magro, deve ter reduzido um pouco o peso para poder ficar mais leve na quadra. Miúra vai dar trabalho no AO 24.

Souza Oliveira
Souza Oliveira
5 meses atrás

Bom retorno o mundo do tênis agradece.

Ubiratan (Black)
5 meses atrás

Voltou muito bem! Ótimo primeiro jogo.

Antonio Basil
Antonio Basil
5 meses atrás

O Nadal sem lesões e em forma é um forte candidato pra vencer qualquer torneio, que seja bem vindo ao circuito.

Felipe
Felipe
5 meses atrás

´Nadal é uma lenda. O único capaz de parar Djokovic. E esse ano veremos o embate do “goat” novamente. Acho que Nadal vai provar o seu tamanho, no confronto com Djokovic, nesta temporada. Acredito que Nadal fará uma temporada arrazadora, como já aconteceu em outros dos seus retornos. E dominará o circuito, e inclusive Djokovic.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE