PLACAR

Nadal: “Há muitas chances de ser meu último ano”

Foto: Rafa Nadal Academy

Manacor (Espanha) – Rafael Nadal segue divulgando uma série de vídeos em suas redes sociais em que fala sobre o tão aguardado retorno às quadras em 2024. Na publicação desta quinta-feira, o espanhol de 37 anos afirma que há muitas de chances de este ser o seu último ano no circuito e não descarta inclusive disputar apenas metade da temporada.

“Há muitas chances de que seja meu último ano, sem dúvida. Há uma chance de que seja apenas meio ano, [assim como] há uma chance de que seja um ano inteiro. São coisas que neste momento não tenho capacidade de responder. Só tenho condições de dizer que vou voltar a competir e sigo acreditando que o normal, ou que há boas chances, é que seja meu último ano. Vou aproveitar cada torneio como se fosse assim”, disse.

Apesar de entender que essa possa ser sua despedida do tênis, Nadal prefere evitar afirmações e apenas deixar coisas acontecerem. “Não quero anunciar assim porque no final não se sabe o que pode acontecer. A gente sempre tem que se dar a oportunidade de não dizer nada para depois não ficar escravo do que disse. Acho que vai ser assim, mas não posso garantir 100%. No final tenho trabalhado tenho muito para voltar a competir e, se de repente as coisas e o meu físico me permitirem seguir em frente, por que colocar um prazo?”, frisou o espanhol.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

O dono de 22 títulos de Grand Slam também destacou a luta que tem travado para poder se despedir do tênis em quadra. “Claro que muitas vezes pensei que não fazia sentido. No final são muitos anos, muitas coisas, muitas horas de trabalho em que não vi o resultado. Mas sigo pensando no que disse na última coletiva de imprensa e creio que não merecia encerrar minha carreira esportiva em uma sala de imprensa. Gostaria que terminasse de forma diferente. Lutei e mantive a esperança em todos os momentos para que isso acontecesse. Com as dúvidas, com os momentos ruins, muito ruins, com os melhores momentos.”

“Acho que tive as pessoas certas ao meu redor como sempre tive ao longo da minha carreira: família, equipe, amigos. Todos me ajudaram decisivamente a estar onde estou hoje, com a opção de voltar a competir. Além disso, a vontade das pessoas que querem me ver jogar novamente também tem um impacto importante no meu dia a dia”, complementou Nadal.

5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Osvaldo
Osvaldo
2 meses atrás

praticamente, anunciou que vai se aposentar em Roland Garros

Emerson
Emerson
2 meses atrás

Acredito que ele encerre a carreira após as olimpíadas, que inclusive será disputada no seu quintal, RG !
Mas é como ele disse, precisa ver como vai estar reagindo o seu corpo. Dependendo, ele pode até estender um pouco mais a carreira. À conferir…

Crésio Santana Pimenta
Crésio Santana Pimenta
2 meses atrás

Tá na hora de largar o osso, deixa outros ganharem torneios e grana. Já está no Olimpo entre os melhores.

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
2 meses atrás

A decisão de quanto tempo o Nadal jogará vai depender da reação do seu corpo às competições. Se ele se sentir competitivo, acredito que vai alongar a carreira até onde der. De qualquer forma, a volta do Nadal é uma grande atração para o circuito. Até o Djokovic já falou que gostaria de enfrentar o Nadal mais uma vez.

rubens
rubens
2 meses atrás

Djokovik:Gostaria de surrar o Nadal mais uma!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE