PLACAR

Muchova confirma grande fase e reencontra Gauff na semi

Karolina Muchova (Foto: Darren Carroll/USTA)

Nova York (EUA) – Protagonistas da final de Cincinnati há pouco mais de duas semanas, Coco Gauff e Karolina Muchova voltarão a se enfrentar em um grande torneio, desta vez na semifinal do US Open. Horas depois de vitória da norte-americana na abertura da rodada das quartas, foi a vez da tcheca também vencer seu jogo nesta terça-feira. Muchova superou a romena Sorana Cirstea, 30ª do ranking, por 6/0 e 6/3 em 1h37 de partida.

Atual número 10 do ranking, Muchova vive o melhor momento da carreira. Além da recente final de Cincinnati, a tcheca de 27 anos também foi vice de Roland Garros na atual temporada. Já sua primeira semifinal de Grand Slam foi no Australian Open de 2021, antes de sofrer com uma lesão muscular na região abdominal, que tanto comprometeu seu calendário nos dois últimos anos.

Muchova busca uma revanche contra Gauff, sexta colocada no ranking e campeã do último torneio preparatório para o US Open. Aquele foi o único duelo entre elas no circuito. Ambas lutam pela segunda final de Grand Slam da carreira e a primeira em Nova York.

Já Sorana Cirstea repetiu o melhor resultado de Grand Slam em 14 anos. A romena de 33 anos não chegava tão longe em um torneio deste nível desde 2009 em Roland Garros. Ela fez sua 15ª participação no US Open e derrotou jogadoras importantes, como a número 4 do mundo Elena Rybakina e a 13ª colocada Belinda Bencic.

Apesar de o primeiro set ter sido definido com um ‘pneu’ a favor de Muchova, foram várias as chances de Cirstea diminuir a diferença. Como esperado, a tcheca apostou nas variações, utilizando bem os slices e curtinhas para não dar ritmo à adversária e conseguiu uma quebra logo cedo, para abrir 3/0 no placar.

A romena, então, chegou a ter nove break-points no mesmo game, mas não aproveitou as oportunidades e permitiu que a rival definisse o set pouco depois. Depois de conversar com o técnico Thomas Johansson, que a orientava tentar colocar mais bolas em quadra e jogar bolas mais altas no backhand da rival, Cirstea equilibrou um pouco mais as ações no segundo set.

Ela até saiu vencendo por 2/0, mas a tcheca logo devolveu a quebra e passou a sacar muito bem nos momentos importantes, variando bem as colocações, para não correr mais riscos nos games de serviço. Muchova ainda voltaria a quebrar para fazer 4/3. Cada vez mais à vontade em quadra, ela também aproveitou toda sua habilidade junto à rede para definir a disputa em sets diretos.

Muchova disparou seis aces na partida contra nenhum de Cirstea, e liderou a estatística de winners por 32 a 12. A Ela cometeu 15 erros não-forçados, contra 19 da romena. A tcheca aproveitou seis dos 11 break-points que teve e só perdeu um game de serviço.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE