PLACAR

Monteiro vence e joga a final ainda neste domingo

Foto: João Pires/Fotojump

Campinas (SP) – Depois de um sábado de muita chuva, Thiago Monteiro voltou à quadra na manhã deste domingo para disputar a semifinal do ATP Challenger de Campinas. Ele venceu o jovem italiano de 21 anos Luciano Darderi, 166º do ranking, por 6/2 e 6/1 em apenas 1h07 de partida. Monteiro volta a atuar neste domingo, em busca do título nas quadras de saibro da Sociedade Hípica. O evento distribui US$ 130 mil em prêmios e 100 pontos no ranking ao campeão. O Santander é o patrocinador oficial.

Vencedor de oito títulos de nível challenger, Monteiro disputará a 14ª final da carreira em torneios deste porte. O cearense de 29 anos e 150º do mundo também tenta ser o segundo brasileiro a conquistar o troféu em Campinas. Em 13 edições do evento, o único campeão da casa foi o gaúcho Guilherme Clezar em 2013.

O adversário de Monteiro na final será o argentino Camilo Carabelli, 177º do ranking, que completou a vitória sobre o italiano Andrea Pellegrino por 6/2 e 6/1, em jogo iniciado na tarde de sábado e retomado só nesta manhã, a partir do segundo set. O confronto com Carabelli é inédito no circuito.

A programação deste domingo terá ainda a final de duplas, com os argentinos Guido Andreozzi e Guillermo Duran enfrentando o equatoriano Diego Hidalgo e o colombiano Cristian Rodriguez. E só depois, os finalistas de simples voltam à Quadra João Lima.

Monteiro teve excelente desempenho no saque durante toda a partida e não enfrentou break-points, além de ter cedido apenas seis pontos em seus games de serviço, três em cada set. Apesar da pressão constante sobre os games de saque de Darderi, as duas quebras do primeiro set foram só no fim da parcial, terminando o set com quatro games seguidos. Monteiro aproveitou o embalo e largou com 5/0 no segundo set, antes que o italiano voltasse a fazer um game, mas que nada mudou a dinâmica da partida.

A campanha até a final em Campinas rende 60 pontos no ranking para Monteiro, que pode fazer 100 em caso de título. Ele está se reaproximando dos 130 melhores do mundo e voltará à faixa de ranking se for campeão. O melhor ranking de sua carreira foi o 61º lugar, de outubro do ano passado.

A 13ª edição do Campeonato Internacional de Tênis é apresentado pelo Santander, por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte, e conta com o copatrocínio de EMS Farmacêutica, Esfera, Hospital Vera Cruz, Comgás, Lenovo, Atlas Schindler, Alupar, Taesa, BYD DAHRUJ, Azul Linhas Aéreas – Transportadora Oficial, Trinity, EY, INNI Sports – Bola e Roupa Oficial, Stella Artois Pure Gold, Grupo Placar – Grama Sintética, Aberje, Eletromidia, ESPN e STAR+.

O ATP Challenger de Campinas também reúne o apoio da Sociedade Hípica de Campinas, sede da competição, e integra o calendário mundial ATP Challenger Tour 100. A realização é do Instituto Sports.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE