PLACAR

Monfils tranquilo ao falar sobre aposentadoria

Melbourne (Austrália) – Um dos veteranos do circuito, o francês Gael Monfils sabe que não competirá por muito mais tempo e se mostra bastante tranquilo em relação a isso. Em entrevista coletiva antes de sua estreia no Australian Open, o tenistas de 37 anos falou sobre esta etapa final da carreira e como enxerga o seu futuro.

“Amo o meu esporte, mas não é a minha vida e as pessoas se esquecem disso. Minha vida é ser pai. O que o esporte me traz é monstruoso, descubro coisas, portas excepcionais que se abrem, mas não é tudo”, afirmou Monfils, destacando a importância da paternidade. A pequena Skai, sua filha com a ucraniana Elina Svitolina mudou suas perspectivas.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

“Gosto de muitas coisas no tênis, mas há muitas coisas que não necessariamente quero fazer à medida que envelheço. Para ser totalmente honesto, o que importa hoje é a educação da minha filha”, acrescentou o veterano francês, que consegue aproveitar a filha nas viagens, mas prefere curtir o tempo com ela em casa.

O francês destaca que ele e Svitolina têm privilégios como top 100 em suas viagens, mas que não há nada como o conforto de sua casa. “É diferente, é uma adaptação. Estou feliz, é bom viajar junto e tudo mais, mas também gosto quando estou em casa com minha filha. Gosto de passar um pouco mais tempo com ela”.

Embora reconheça a enorme importância do tênis em sua vida, ele destaca que há mais do que apenas isso. “Adoro este momento e este capítulo da minha vida, tenho aproveitado e vou agradecer, mas quando for encerrado, não serei infeliz”, finalizou Monfils, que vai estrear em Melbourne contra o alemão Yannick Hanfmann.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE