PLACAR

Monfils abre 2 a 0, mas jogo com Wawrinka é suspenso

Stan Wawrinka e Gael Monfils (Foto: Corinne Dubreuil/FFT)

Londres (Inglaterra) – O duelo entre os veteranos Stan Wawrinka e Gael Monfils pela segunda rodada de Wimbledon precisou ser suspenso por falta de luz natural nesta quarta-feira. Eles estavam encerrando a programação da Quadra Nº 2 do All England Club e voltam a atuar na manhã desta quinta, não antes das 9h (de Brasília). Eles terão que esperar o duelo entre Hubert Hurkacz e Arthur Fils, que abrem a programação às 7h

Monfils liderava a partida por dois sets a zero, com parciais de 7/6 (7-5) e 6/4. A terceira parcial estava empatada por 5/5. O vencedor enfrentará o búlgaro Grigor Dimitrov ou o chinês Juncheng Shang, que sequer entraram em quadra nesta quarta-feira, por conta da chuva.

Este é o sétimo duelo entre Monfils e Wawrinka, com três vitórias para cada lado. O francês de 37 anos e o suíço de 39 não se enfrentavam no circuito profissional desde 2019. Velhos conhecidos dos torneios, eles mantiveram um clima descontraído durante o jogo, cumprimentando-se a cada boa jogada e até mesmo conversando nas viradas de lado.

Em um primeiro set inteiramente sem quebras, Monfils só precisou de um ponto na devolução para vencer o tiebreak. Na segunda parcial, o francês criou sete oportunidades de quebra e aproveitou uma delas para abrir 4/2 e sustentar a vantagem até o fim do set. Monfils ainda não teve o saque ameaçado no terceiro set, mas também não aproveitou as três chances de quebra até o empate por 5/5 e a suspensão da partida.

Paul vence em 5 sets e segue na rota de Alcaraz

Campeão do ATP 500 de Queen’s, também em Londres, o norte-americano Tommy Paul já está na terceira rodada de Wimbledon, mas precisou vencer um duelo de cinco sets nesta quarta-feira. Atual número 13 do mundo, ele superou o finlandês Otto Virtanen por 4/6, 6/3, 5/7 7/5 e 6/4.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Paul agora enfrenta o cazaque Alexander Bublik, 23º do ranking, que venceu o francês Arthur Cazaux por 6/4, 7/6 (7-1) e 6/4. O norte-americano venceu o único duelo com Bublik na ATP, na quadra dura e coberta de Roterdã em 2021. Ele também lidera o histórico em challengers e qualis por 2 a 1. É neste quadrante da chave que está o atual campeão e número 3 do mundo Carlos Alcaraz.

Kokkinakis e Machac conseguem grandes viradas

O dia também teve duas incríveis viradas em cinco sets. O australiano Thanasi Kokkinakis salvou quatro match-points contra o canadense Félix Auger-Aliassime e reverteu uma desvantagem de dois sets para vencer por 4/6, 5/7, 7/6 (11-9), 6/4 e 6/4. Kokkinakis enfrenta mais um ex-top 10, o francês Lucas Pouille.

Já o tcheco Tomas Machac, 39º do ranking, perdia o último set por 5/0 para o belga David Goffin, 83º colocado, e conseguiu vencer por 3/6, 3/6, 6/4, 6/1 e 7/6 (10-5). Seu próximo rival será o russo Roman Safiullin.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
João Sawao ando
João Sawao ando
14 dias atrás

Gael surpreendendo….

Leonel
Leonel
14 dias atrás
Responder para  João Sawao ando

Gael é a simpatia natural. Excêntrico em quadra. Sempre jogou muito(jogadas incríveis) . Ser humano admirável. Outro expoente no tênis é Ons Jabeur. A tunisiana também é um ser humano incrível.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE