PLACAR

Mensik derruba Murray em batalha de três tiebreaks

Jakub Mensik (Foto: Qatar ExxonMobil Open)

Doha (Qatar) – Em um jogo disputadíssimo do começo ao fim, o tcheco Jakub Mensik conseguiu uma incrível vitória diante do britânico Andy Murray e se classificou às quartas de final do ATP 250 de Doha. Para isso, o atual 116º do ranking precisou de três tiebreaks e lutar por 3h24, marcando as parciais de 7/6 (8-6), 6/7 (3-7) e 7/6 (7-4).

Aos 18 anos de idade, Mensik disputou apenas o seu oitavo jogo da carreira em nível ATP e obteve a sexta vitória, três delas em chaves principais de Grand Slam, alcançado a terceira rodada do US Open no ano passado e a segunda fase do Aberto da Austrália nesta temporada. Em Nova York havia se tornado o mais jovem a furar o quali desde Fabrice Santoro em 1990.

Na próxima fase, o jovem tcheco enfrentará o vencedor do duelo entre o russo Andrey Rublev, número 5 do mundo e principal favorito ao título da competição, e o veterano francês Richard Gasquet, que hoje ocupa a modesta 126ª posição depois já ter sido o sétimo colocado há 17 anos.

Murray, por sua vez, adia a conquista de um novo feito para a sua grandiosa carreira. Ele está a uma vitória de se tornar o quinto tenista na Era Aberta a obter 500 vitórias sobre quadra sintética, atrás apenas de Rafael Nadal (518), Andre Agassi (592), Novak Djokovic (700) e Roger Federer (783).

Além disso, ele perde a chance de voltar a disputar a fase de quartas de final de um ATP após exatamente um ano, tendo alcançado a decisão do próprio torneio de Doha no ano passado. Bicampeão do torneio em 2008 e 2009, ele disputou ao todo cinco finais no Qatar ao longo da carreira.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Bastante equilibrada, a partida desta quarta-feira foi decidida nos detalhes. No primeiro set, os dois jogadores aproveitaram as raras oportunidades que tiveram para quebrar uma vez o saque do outro oponente, Mensik no terceiro game e Murray, no décimo. No tiebreak, o tcheco chegou a salvar dois set-points e venceu quatro pontos seguidos para vencer a parcial.

O mesmo roteiro se repetiu no segundo set, mas desta vez ambos perderam sua únicas chances de quebra e foram ao desempate sem praticamente ameaçar o serviço um do outro. Ao contrário da parcial anterior, Murray abriu larga vantagem no tiebreak e apenas administrou o resultado para empatar a partida.

O set decisivo foi o mais imprevisível de todos, com o britânico sofrendo uma quebra logo de cara e outra no sétimo game. Com isso, Mensik chegou a ter 5/2 de vantagem e sacou duas vezes para fechar o jogo. E não conseguiu. Murray elevou o nível e empatou tudo de novo após superar o serviço do adversário de zero no décimo game. Assim, a decisão foi para novo tiebreak e no 4/4 Murray sofreu o mini break decisivo, permitindo que o rival tivesse dois saques para fechar. E desta vez não titubeou.

 

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Silvino Junior
Silvino Junior
1 mês atrás

Sir Murray, esse tem meu respeito (grande coisa né rsrs) um verdadeiro “coração valente” (como o escocês William Walace rsrs), temos q aproveitar e vê-lo sempre que possível, é motivacional, além do excelente profissional é um grande humano m, exemplo de resiliência e humildade.

trackback

[…] (Qatar) – Um dia depois de eliminar Andy Murray em duelo de três tiebreaks nas oitavas de final do ATP 250 de Doha, o jovem tcheco de 18 anos Jakub Mensik conseguiu mais uma […]

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE