PLACAR

Menezes, Alves, Daniel e Ribeiro vão às quartas no Recife Open

Eduardo Ribeiro (Foto: Recife Open/CBT)

Recife (PE) – O Brasil terá quatro representantes nas quartas de final do Recife Open, torneio ITF M25 disputado nas quadras de saibro da Prime Tennis Academy. A rodada desta quinta-feira foi de vitórias para João Menezes, Mateus Alves, Eduardo Ribeiro e Daniel Dutra da Silva.

Depois de ter vencido um duelo de três tiebreaks na estreia, Menezes eliminou o alemão Louis Wessels, cabeça 3 do torneio e 383º do ranking, com parciais de 6/1, 3/6 e 7/6 (7-5). De volta ao circuito após mais de um ano parado por lesão e cirurgias no joelho, o mineiro de 27 anos voltará ao ranking da ATP após o torneio.

“Jogo duro. No primeiro set fui muito bem, estava tudo dando certo. No segundo, saí quebrando, mas duvidei um pouco e errei três esquerdas que ele tinha me pressionado um puoco. O jogo mudou e passei a ter dificuldades no meu saque. No terceiro, os dois estavam bem desgastados, mas mantive meu saque e no tiebreak venci no detalhe”, disse Menezes após a partida.

O adversário do mineiro nas quartas será o gaúcho Eduardo Ribeiro, de 25 anos e 423º do ranking, que precisou de apenas 47 minutos para vencer o argentino de 20 anos Lucio Ratti por duplo 6/0.

Do mesmo lado da chave, Daniel Dutra da Silva venceu um duelo paulista contra Rafael Tosetto por 6/4 e 6/3. O canhoto de 35 anos e 530º do ranking desafia nas quartas o argentino Juan Pablo Ficovich, principal cabeça de chave e 250º do mundo.

Já o também paulista Mateus Alves, de 23 anos e 392º do ranking, está do outro lado da chave e só pode enfrentar um dos outros brasileiros em uma possível final. Ele derrotou o argentino Ezequiel Monferrer por 7/6 (7-3) e 6/2. Seu próximo rival será o argentino Leonardo Aboian, cabeça 8 e 688º colocado.

Gutierrez cai nas oitavas em Antalya
O gaúcho de 30 anos Oscar Gutierrez foi eliminado nas oitavas do ITF M15 de Antalya, na Turquia. Atual 896º do ranking, ele perdeu para o espanhol Max Alcala, 694º colocado, por 6/4, 3/6 e 6/3. Nas duplas, Gutierrez e Alcala perderam nas quartas para os turcos Mert Alkaya e Gokberk Saritas por 3/6, 6/4 e 12-10.

11 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Jorge Luiz
1 mês atrás

Na torcida para o Mateus Alves copar, Menezes bem,e esses jovens que perdem para o dinossauro Danielzinho deveriam repensar as suas carreiras

Leonel
Leonel
1 mês atrás
Responder para  Jorge Luiz

Acho que vc precisa rever conceitos. Os jovens são medianos. Daniel é diferenciado. Ótima condição física e mental extraordinário. Tem recursos técnicos de jogador mediano mas extrai ao máximo o que ele tem nas mãos. Por isso ele é gigante no nível técnico com suas limitações. Se Wild, Monteiro, Meligeni, Heide e muitos outros tivessem a mente, resiliência e o preparo do Daniel já teríamos “no mínimo” uns 10 top 150 ou 100.

Jorge Luiz
1 mês atrás
Responder para  Leonel

Os jovens estão longe de ser medianos

Guilherme ES Ribeiro
Guilherme ES Ribeiro
1 mês atrás

Excelente vitória do Menezes. Venceu um TOP400. E volta a uma quartas de final. Bem legal. 3 pontos para o ranking. E o Ribeiro está aproveitando a fragilidade dos adversários e está atropelando.

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
1 mês atrás

Boas vitórias, especialmente a do Menezes, torcendo pra ele recuperar um pouco o bom tênis que já jogou.

Gusmão
Gusmão
1 mês atrás

Parabéns aos Brasileiros.
Grandes vitórias, principalmente a do Menezes, sobre o Cabeça de chave 3.

Faltam torneios no Brasil, para os jogadores Brasileiros, principalmente os juvenis terem oportunidades de crescimento no ranking.
A CBT faz muito pouco.
Até agora só esses 3 ITF agendados em 2024.

Refaelov
Refaelov
1 mês atrás
Responder para  Gusmão

De fato, 3 ITFs pra um país de dimensões continentais como o nosso é risível, estamos abaixo msm na comparação com nossos vizinhos Sudacas..

Marcos Antonio Vargas Pereira
Marcos Antonio Vargas Pereira
1 mês atrás
Responder para  Gusmão

O ideal seria ter um esquema tipo monastir, Toda Semana.

Gusmão
Gusmão
1 mês atrás
Responder para  Gusmão

No Brasil já teve 34 torneios em uma mesma temporada.
Na época da Koch/Tavares, dos dirigentes da CBT mais experientes.

Agora raríssimos Torneios ITF.
Sendo que agora tem mais jovens jogadores, mas não estão tendo oportunidade com constância.

Refaelov
Refaelov
1 mês atrás

Finalmente um dia com os BRs conseguindo se impor nesse torneio.. surpreendente positivamente o Menezes levar 2 jogos seguidos no TB do 3° set msm com todo esse backgroud de lesões e afastamento..

Ribeiro e Alves favoritos para fazerem SF, a ver se confirmam..

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
1 mês atrás

Parabéns brazucas, aproveitando oportunidades, torcendo pra final Alves X brasileiro.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE