PLACAR

Melo e Matos buscam virada e estreiam com vitória na grama

Foto: Divulgação

Stuttgart (Alemanha) – Depois da eliminação na segunda rodada em Roland Garros, a dupla 100% brasileira formada por Marcelo Melo e Rafael Matos começou sua temporada de grama nesta terça-feira. O mineiro e o gaúcho levaram um susto, saíram atrás do russo Roman Safiullin e do norte-americano Christopher Eubanks, mas buscaram a virada e fecharam o jogo com parciais de 3/6, 6/1 e 12-10.

Esta foi a segunda vitória de Melo e Matos jogando juntos, que assim garantiram um lugar nas quartas de final do ATP 250 de Stuttgart. Seus próximos adversários serão os tenistas da casa Yannick Hanfmann e Dominik Koepfer, que surpreenderam os cabeças de chave 3, o britânico Lloyd Glasspool e o holandês Jean-Julien Rojer com o placar final de 7/6 (7-5), 2/6 e 10-3.

O começo de jogo não foi muito bom para os brasileiros, que foram quebrados logo de cara e viram os rivais abrir 3/0. Melo e Matos só tiveram chances de devolver a desvantagem quando Safiullin e Eubanks sacaram para o set, mas o russo e o norte-americano conseguiram escapar da pressão do 0-40 e salvaram os quatro break-points consecutivos que tiveram para fazer 1 a 0 no placar.

Na segunda parcial, foi a dupla brasileira que dominou as ações. Melo e Matos não enfrentaram um break-point sequer contra e foram para cima de Safiullin e Eubanks. Eledeixaram escapar um break-point no segundo game, mas converteram uma das duas oportunidades que quebra que tiveram no quarto e repetiram a dose no sexto para fazer 6/1 e empatar o jogo.

A definição foi para o match-tiebreak, no qual Safiullin e Eubanks chegaram a abrir 4-2, mas então perderam seis pontos seguidos. Melo e Matos tomaram as rédeas do placar, chegaram a marcar 9-5 e então tiveram trabalho para fechar, perderam quatro match-points seguidos e precisaram de mais dois para só no sexto sacramentar a vitória e a vaga na próxima rodada.

5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Hugo
Hugo
8 dias atrás

Zero juízo nesse match tie break né… Kkk. Jesus amado! Que passem pelas quartas. Seguimos!!!

Guilherme Augusto
Guilherme Augusto
8 dias atrás

Coitado do Matos… ter que aguentar esse ai em fim de carreira é triste

Andre Borges
Andre Borges
8 dias atrás
Responder para  Guilherme Augusto

Kkkkkkkkkk precisa dar uma caprichada nesse hate, esse ficou engracadinho pq soou birra de garotas na quinta série…. nem pra hater vc serve, que faaaaase

Fernando S P
Fernando S P
8 dias atrás
Responder para  Guilherme Augusto

Belo reconhecimento nas tuas palavras para alguém que representou (e representa) o Brasil tão bem. Ele foi número 1 do mundo.

Ninguém é obrigado a jogar com ninguém. Imagino que você esteja vendo muitos exemplos autoritários atualmente e acha que obrigar alguém a algo seja o normal.

Gilmar de Oliveira
Gilmar de Oliveira
8 dias atrás
Responder para  Guilherme Augusto

Concordo que não é mais o mesmo, aos 40 anos, que foi #1 do mundo e que venceu slams. Mas passa experiência, confiança, tem bons momentos em quadra, é respeitado mundialmente ainda e tem ótimo ranking… Respeito a nossos atletas e reflexão, antes de destilar esse veneno. Espero que sejas assim crítico consigo mesmo na sua profissão e que com isso, invista em terapia, porque esse veneno em si mesmo, neurotiza.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE