PLACAR

Melo e Matos estreiam com vitória sobre convidados da casa

Foto: BOSS OPEN

Londres (Inglaterra) – Em partida marcada por uma interrupção por chuva no final do primeiro set, o mineiro Marcelo Melo e o gaúcho Rafael Matos passaram bem pela estreia em Wimbledon. Nesta quarta-feira, eles mediram forças com os tenistas da casa Jacob Fearnley e Jack Pinnington Jones em sets diretos, com o placar final de 6/4 e 7/6 (7-5), depois de 1h42 de confronto.

Na segunda rodada, Melo e Matos terão pela frente pelo menos um ex-parceiro de um deles. O mais provável é que pinte o croata Ivan Dodig, que ganhou o torneio com o mineiro em 2015 e agora forma a dupla cabeça de chave 10 com o norte-americano Austin Krajicek. A outra opção é o colombiano Nicolas Barrientos e o português Francisco Cabral, ambos que já tiveram o gaúcho a seu lado.

Os brasileiros começaram sacando e levaram um pequeno susto no game inicial, precisando salvar dois break-points para largar na frente. Porém, depois disso eles foram firmes nos games de serviço e perderam apenas mais dois pontos até o fim da parcial. Melo e Matos perderam duas chances de quebra no sexto game, mas no décimo e último conseguiram o break e fizeram 1 a 0.

A segunda parcial continuou com Melo e Matos sacando bem, desta vez sem ceder uma chance de quebra para os rivais. Fearnley e Jones também não foram quebrados, mas salvaram dois match-points com o serviço no décimo game antes de levar a definição para o tiebreak. No desempate, o mineiro e o gaúcho fizeram valer o melhor desempenho no decorrer do jogo e selaram a vitória.

Romboli não passa da estreia

Outro brasileiro em ação nesta quarta-feira pela chave de duplas foi Fernando Romboli, que entrou junto com o italiano Luciano Darderi. Porém, eles não se deram bem no sorteio e tiveram pela frente na estreia os alemães Tim Puetz e Kevin Krawietz, que fizeram valer a condição de oitavos favoritos e venceram por 2 a 0, com parciais de 6/4 e 6/2.

Depois de gastar 1h21 para derrotar Romboli e Darderi na primeira rodada, a forte dupla germânica terá pela frente na competição os vencedores da partida que de um lado tem os cazaques Alexander Bublik e Alexander Shevchenko e do outro a dupla do indiano Yuki Bhambri com o francês Albano Olivetti

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Daniel Macedo
Daniel Macedo
14 dias atrás

O Dodig ganhou RG com o Girafa, em 2015. Quem venceu Wimbledon com o Melo em 2017, foi o Kubot.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE