PLACAR

Meligeni salva 2 match-points e jogará 1º Slam

Nova York (EUA) – Pela primeira vez em sua carreira profissional, Felipe Meligeni disputará a chave principal de um Grand Slam. O paulista de 25 anos e número 3 do Brasil conseguiu vaga no US Open depois de passar por um qualificatório com três rodadas. Meligeni, atualmente no 170º lugar do ranking, salvou dois match-points nesta sexta-feira e venceu o argentino Federico Coria, 92º do mundo, por 6/4, 5/7 e 7/5 após 2h20 de partida.

A temporada de 2023 tem sido marcada por ineditismos na carreira de Meligeni. Ele disputou seu primeiro Masters 1000 em Miami e conseguiu uma inédita vitória na ATP em Los Cabos, jogando no piso duro em ambos os eventos. Nos dois últimos Grand Slam, Roland Garros e Wimbledon, parou nas rodadas finais dos qualis.

Ao longo da semana, Meligeni também venceu o tcheco Dalibor Svrcina e o argentino Facundo Bagnis. As três vitórias no quali e a participação na primeira rodada da chave principal garantem a ele 35 pontos na ATP e um prêmio em dinheiro de US$ 81.500. O paulista de Campinas agora espera o fim do quali e um sorteio para conhecer seu próximo adversário em Nova York.

Meligeni esteve perto de fechar em dois sets
A vitória de Meligeni começou a ser construída com uma quebra logo no game de abertura. Impecável no saque, ele não enfrentou break-points durante todo o primeiro set e cedeu apenas nove pontos em seus games de serviço na parcial.

O segundo set começou com uma quebra a favor de Coria, que saiu vencendo por 2/0, mas Meligeni buscou o empate de imediato. O que se viu a partir de então foi uma pressão constante de Meligeni sobre os games de serviço do argentino, que chegou a salvar cinco break-points no mesmo game. O paulista conseguiu uma qubera quando o placar marcava 4/4, depois de encaixar uma devolução profunda para assumir controle do ponto até o erro do adversário. Mas sacando para o jogo, ele teve o serviço quebrado de zero e permitiu a reação do rival, que virou o set.

Terceiro set com duas viradas
Apesar da frustração pelas oportunidades perdidas, Meligeni também começou melhor no terceiro set. Ele começou a parcial decisiva confirmando seus games de saque de forma mais tranquila e conseguiu a primeira quebra para liderar por 4/2. Pouco depois, teve um 15-40 no saque do argentino que poderia deixá-lo muito perto da vitória, mas Coria iniciou mais uma excelente reação na partida e virou para 5/4.

No momento de maior pressão na partida, Meligeni ficou a um game da derrota e escapou dos match-points, primeiro com um ótimo saque e depois subindo à rede para definir o ponto. O paulista retomou a confiança ao confirmar o serviço e quebrou o saque de Coria na sequência, contando também com erros do argentino. Em sua segunda oportunidade de sacar para o jogo, não deixou escapar a chance de disputar o primeiro Grand Slam.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE