PLACAR

Meligeni faz grande jogo e supera bom teste no quali

Foto: Abierto de Tenis Mifel

Melbourne (Austrália) – A estreia do paulista Felipe Meligeni no quali do Australian Open não poderia ser melhor. Mesmo enfrentando um adversário difícil, o norte-americano Michael Mmoh, cabeça de chave 5, o número 3 do Brasil e 153 do mundo obteve uma boa vitória em sets diretos, anotando parciais de 6/1 e 6/3, depois de 68 minutos de jogo.

Na próxima fase, Felipe terá pela frente o holandês Jesper de Jong, de 23 anos e atual 148 do mundo, que passou sem sustos pelo italiano Raul Brancaccio, 261º colocado no ranking da ATP, gastando somente 59 minutos para vencer com o placar final de 6/1 e 6/2.

Ocupando atualmente a 106ª colocação no ranking, Mmoh já fez boas campanhas em Melbourne, furou o quali duas vezes, conseguiu chegar à segunda rodada da chave principal também duas vezes e no ano passado teve sua melhor campanha no torneio, indo à terceira rodada, com direito a vitória sobre o alemão Alexander Zverev.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

Meligeni tenta ser o primeiro brasileiro a furar o quali do Australian Open desde 2014, quando o também paulista Thomaz Bellucci conseguiu o feito. Apenas cinco brasileiros entraram na chave do primeiro Grand Slam através da fase classificatória: Bellucci (2014), Ricardo Hocevar (2010), Ricardo Mello (2004), Marcos Daniel (2003) e Márcio Carlsson (1999).

Afiado com o saque, o brasileiro venceu 72% dos pontos disputados no primeiro set e não sofreu quebras, convertendo três dos quatro break-points que teve a seu favor, o primeiro deles logo no game inicial. Com a vantagem obtida logo de cara, ele pode jogar mais solto e com agressividade, terminando a parcial com 10 winners e 7 erros não forçados.

No segundo set, mais uma vez Felipe começou bem, vencendo agora os três primeiros games. Só que Mmoh conseguiu reagir e devolveu o break no quinto game. O paulista se manteve firme e voltou a bater o saque do norte-americano no oitavo, precisando apenas confirmar na sequência para garantir a vitória, fechando no segundo match-point que teve.

Felipe terminou a partida com 67% de aproveitamento com o saque contra 44% do rival norte-americano, somando quatro aces e duas duplas faltas. Ele ainda desferiu 22 bolas vencedoras, contra apenas 10 de Mmoh, e cometeu 19 erros não forçados, frente aos 16 do adversário.

22 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Guilherme do ES Ribeiro
Guilherme do ES Ribeiro
6 meses atrás

Excelente vitória do Felipe. Surpreendeu. Muito bom

Paulo A.
Paulo A.
6 meses atrás
Responder para  Guilherme do ES Ribeiro

E a Pigossi joga hoje às 20h com boas chances de também avançar, se jogar bem, claro!

Paulo A.
Paulo A.
6 meses atrás

Simplesmente brilhante!!! Avante por mais.

Ivan Sakharov
Ivan Sakharov
6 meses atrás

Excelente! Saque, devolução e direita AFIADÍSSIMOS

Geraldo
Geraldo
6 meses atrás

Surpeendente vitoria, que sirva de motivação para quem sabe furar o quali!

Márcio
Márcio
6 meses atrás

Excelente!

Marcelo Scotton
Marcelo Scotton
6 meses atrás

Boa vitória.

Cabelo de boneca
Cabelo de boneca
6 meses atrás

Brazilian Storm

Beto_poa
Beto_poa
6 meses atrás
Responder para  Cabelo de boneca

cabelo de boneca ???? apareceu um nostalgico KKKK

Jadir Rodrigues
Jadir Rodrigues
6 meses atrás
Responder para  Cabelo de boneca

Como assim?

Wilton Bernardes
Wilton Bernardes
6 meses atrás
Responder para  Cabelo de boneca

kkkkkkkkkkkk cabelo de boneca
saudade daquele doido

Porkuat
Porkuat
6 meses atrás
Responder para  Cabelo de boneca

kkkkkkkkkkkk

Rbclima
Rbclima
6 meses atrás
Responder para  Cabelo de boneca

Kkkkkkk kd aquele povo que fazia confusão nos comentários?

Haroldo Guimarães
Haroldo Guimarães
6 meses atrás

As vezes as surpresas vem de onde menos se espera.Mostra que estava machucado no final do ano e se recuperou bem. Jogo díficil também na 2a.rodada. Na torica pelo brazuca

GUSTAVO BELOFARDI
GUSTAVO BELOFARDI
6 meses atrás

BAITA VITÓRIA!

JÁ COMENTEI OUTRAS VEZES QUE TENHO A IMPRESSÃO QUE ELE JOGA MAIS NA QUADRA RÁPIDA DO QUE NO SAIBRO! TORÇAMOS PRA QUE CHEGUE BEM LONGE!

Wallace
Wallace
6 meses atrás

Tudo mundo falando que é surpresa, mas não é! No USOPEN já mostrou alto nível, furou o quali e não passou pelo Baez por detalhe. Desde lá tá com mais confiança, peso de bola e consistência que o Wild! Se fosse titular na United Cup a história teria sido diferente.

Refaelov
Refaelov
6 meses atrás
Responder para  Wallace

N é bem assim né, e qnt ao desempenho pífio q o Meligeni teve nessa gira de saibro sudaca no final do ano(cenário semelhante ao q o Wild doutrinou no 1° semestre?)

Wallace
Wallace
6 meses atrás
Responder para  Refaelov

Hard e clay são diferentes! Já pisou em alguma delas?

Refaelov
Refaelov
6 meses atrás

Surpreendente msm essa vitória(ainda mais pela facilidade que foi), parabéns ao Meligeni, na teoria, esse americano era o adversário mais gabaritado dessa chave(mas sabemos q a teoria muitas vzs fica na teoria msm)..

E, analisando os resultados do Meligeni nos últimos meses(furou os Quays de Miami e USOpen, fez ótimo papel em Los Cabos), me parece q faria mais sentido o campineiro largar essa obsessão dos BRs por jogar no saibro e procurar disputar mais torneios em Hard..

Leonel
Leonel
6 meses atrás

Meligeni tá jogando melhor que o Wild no Hard. Isso é ótimo. Quero ver na Davis o técnico colocar o Meligeni que já tá fazendo por. Merecer. Pessoal. assisti o último set. Como ele tá jogando bem sem chances pro adversário. Mostra que aquele jogo contra o T.Paul foi real o nivel que ele chegou.

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
6 meses atrás

Brilhante vitória do Meligeni, tá tomando gosto pelo Hard.

Marcelo Hamu
Marcelo Hamu
6 meses atrás

Grandes chances de um Grand Slam inédito pro Brasil

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE