PLACAR

Medvedev: ‘Sinner vai ganhar Slam e ser número 1’

Foto: Corinne Dubreuil/ATP Tour

Turim (Itália) – Superado na semifinal do ATP Finals, Daniil Medvedev destacou o alto nível de atuação de Jannik Sinner na partida deste sábado em Turim. E o russo acredita que o algoz, único jogador ainda invicto no torneio entre os oito melhores do ano, será um futuro número 1 do mundo e campeão de Grand Slam.

“Estou muito impressionado, para ser honesto. Ele não erra muito, consegue correr bem. Se você der uma bola fácil para ele, vai permitir que ele tenha o controle do pontos e te mover pela quadra. O saque melhorou bastante e os voleios são muito bons”, avaliou Medvedev após a derrota por 6/3, 6/7 (4-7) e 6/1.

“Acredito que se ele jogar sempre assim, como foi nas últimas semanas, ele será campeão de Grand Slam e número 1. Aí se trata de quantas semanas, quantos Slams, coisas assim… A questão é com que frequência ele vai jogar bem. O tênis é assim. Mas no momento ele está muito bem e não há muito mais a acrescentar”, acrescenta o russo, que sofreu a terceira derrota para Sinner no ano, repetindo as finais de Pequim e Viena. Ainda assim, Medvedev lidera o retrospecto por 6 a 3.

Especialista em quadras duras, Medvedev conquistou cinco títulos na temporada, quatro deles em sua superfície favorita, em Roterdã, Doha, Dubai e Miami. O russo de 27 anos e atual número 3 do mundo também foi campeão no saibro de Roma. Ele acumulou 66 vitórias e 18 derrotas no ano. Ele também foi finalista do US Open.

“Foi uma ótima temporada. Tive alguns altos, alguns baixos, com certeza. O ponto alto foi no início da temporada. Antes de Rotterdam, eu saí do Top 10 e estava me sentindo péssimo, não conseguia colocar uma bola na quadra. Depois disso tudo correu melhor. Títulos, finais e coisas assim. No geral, estou feliz com o que conquistei nesta temporada. Vou tentar aprender com isso e tentar buscar mais na próxima temporada porque Sinner, Alcaraz e Novak estão jogando cada vez melhor. Se você quiser tentar permanecer no topo, terá que melhorar sem parar”.

Pensando em 2024, Medvedev planeja uma pré-temporada mais longa para só voltar ao circuito no Australian Open. “Para ser sincero, não tenho tirado férias há alguns anos. Uma vez tive a Copa Davis. E no ano passado tivemos uma bebê pequena. Provavelmente vou jogar apenas o Aberto da Austrália. Vou tentar assim ter mais férias do que o normal e mais tempo de pré-temporada. Começar com um slam imediatamente será algo novo para mim”.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE