PLACAR

Matos e Cabral param na segunda rodada de duplas

Foto: Pete Staples/USTA

Nova York (EUA) – Único entre os três brasileiros na chave de duplas masculinas a ter passado pela primeira rodada do US Open, o gaúcho Rafael Matos se despediu na segunda rodada do torneio, ao lado do português Francisco Cabral. Eles foram superados nesta sexta-feira pelo australiano Thanasi Kokkinakis e o holandês Tallon Griekspoor por 4/6, 6/4 e 6/4 em 1h55 de partida.

Canhoto de 27 anos e 48º do ranking, Matos fez sua segunda participação no US Open e tem uma campanha melhor que no ano passado, quand havia parado na estreia. Por isso, o gaúcho deve ganhar 90 pontos na ATP. O melhor ranking de sua carreira segue sendo o 26º lugar.

A parceria entre Matos e Cabral foi formada no fim da temporada de saibro. Eles disputaram uma final em Bastad e jogaram a semi de Kitzbuhel. Com ranking insuficiente para a disputa dos Masters 1000 de Toronto e Cincinnati, jogaram apenas um torneio preparatório no piso duro, caindo na estreia de Winston-Salem. Na estreia em Nova York, eles venceram os belgas Sander Gille e Joran Vliegen, finalistas de Roland Garros.

Durante o primeiro set, Matos e Cabral tiveram ótimo desempenho no saque. Eles não enfrentaram break-points e perderam apenas cinco pontos em seus games de serviço. Já no segundo set, Griekspoor e Kokkinakis conseguiram uma qubera logo cedo e sustentaram a vantagem, salvando um break-point na hora de sacar para fechar.

O holandês e o australiano dispararam seis aces no último set, terminando a partida com 10. E isso ajudou a parceria a salvar dois break-points. Assim como havia acontecido nas outras duas parciais, o terceiro set teve apenas uma quebra de serviço. Griekspoor e Kokkinakis abriraram 4/2 e permaneceram à frente no placar até o fim.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE