PLACAR

Mannarino ganha 3º título no ano e termina em alta

Adrian Mannarino (Foto: LAP.bg)

Sófia (Bulgária) – O francês Adrian Mannarino encerrou neste sábado, com o título do ATP 250 de Sófia, o que talvez seja a melhor temporada de sua longa carreira. O tenista de 35 anos derrotou o britânico Jack Draper na final por 7/6 (8-6), 2/6 e 6/3 para levantar sua terceira taça em 2023 e a quinta da carreira. De quebra ele ainda vai alcançar seu melhor ranking.

“Essa é definitivamente a melhor maneira de terminar o ano. Foi um ótimo ano e estou um pouco exausto, mas é muito motivador quando você está bem. Joguei muito bem em quadra e estou feliz com o resultado”, comemorou o canhoto francês, que atualmente aparece na 25ª colocação, mas com a campanha esta semana subirá para o 21º lugar.

Em uma final totalmente canhota, Mannarino aproveitou os dois únicos break-points que teve para fechar a partida de duas 2h17. O francês anotou sua primeira quebra logo no primeiro game da partida, mas logo em seguida perdeu o saque de volta. Sem novas chances para ambos os lados, a definição foi para o tiebreaks, em que o cabeça de chave 2 levou a melhor no segundo set-point que teve.

O britânico não desistiu e voltou com tudo para a segunda parcial, na qual anotou duas quebras e dominou o rival, que venceu somente dois games. Mas a experiência de Mannarino fez a diferença no terceiro e decisivo set, em que ele anotou uma quebra importante no sexto game e depois salvou dois break-points contra ao sacar para o jogo.

“Foi muito disputado. Tive um pouco de sorte no final, poderia ter ido para qualquer um dos dois lados. Não sei o que fez a diferença hoje, mas é assim, tive mais sorte hoje”, afirmou o campeão de Sófia, que O título rendeu ao francês 85.605 euros, enquanto o vice Draper, que disputava sua primeira final, levou 49.940 euros.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE