PLACAR

Líderes do ranking vão à final do torneio em cadeira de rodas em Miami

Alfie Hewett (Foto: site do Miami Open)

Miami (EUA) – O Miami Open apresenta neste ano o tênis em cadeira de rodas pela primeira vez no Hard Rock Stadium. De 27 a 28 de março, alguns dos melhores tenistas paraolímpicos do mundo fazem parte do evento histórico.

O japonês Shingo Kunieda, quatro vezes medalhista de ouro paraolímpico e ganhador de 28 títulos de simples, é o diretor do torneio, que conta com os campeões de Grand Slam, os britânicos Alfie Hewett e Gordon Reid e o argentino Gustavo Fernandez. O torneio feminino conta com a holandesa Diede De Groot, as americanas Maylee Phelps e Dana Mathewson e a colombiana Angelica Bernal.

O Miami Open Wheelchair Invitational estreou nesta quarta-feira, com os dois  números 1 do mundo avançando para a final. Diede De Groot venceu a americana Maylee Phelps por 6/1 e 6/0, enquanto o inglês Alfie Hewett derrotou seu parceiro de duplas Gordon Reid por 6/2 e 6/4.

De Groot enfrentará na decisão a colombiana Angelica Bernal, que derrotou a número 8 do mundo Dana Mathewson, e Hewett enfrentará o 50 vezes vencedor de Grand Slam, Shingo Kunieda, que triunfou sobre o argentino Gustavo Fernandez por 6/3 e 6/1. O último encontro competitivo de Hewett e Kunieda foi na final do Aberto dos Estados Unidos de 2022, onde Hewett conquistou seu sexto título importante de simples.

“É uma sensação ótima estar aqui em Miami. Só estou aqui há dois dias. Eu adoro a experiência. Obviamente, há uma vibração real ao redor da quadra. Esta é a primeira vez que o tênis em cadeira de rodas está aqui e fomos muito bem recebidos pelo evento”, comentou Hewett após sua partida.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja como foi a espetacular vitória de Fonseca sobre Sonego

Nadal pode ter feito seu último jogo oficial em Barcelona

PUBLICIDADE