PLACAR

Lehecka busca virada e levanta sua primeira taça

Foto: Adelaide International

Adelaide (Austrália) – Em uma final com dois tenistas de 22 anos buscando um título inédito no circuito, o cabeça de chave número 7 Jiri Lehecka fez valer o favoritismo e se sagrou campeão do ATP 250 de Adelaide. Porém, o tcheco tomou um susto do britânico Jack Draper e saiu perdendo, mas buscou a virada e fechou o jogo com parciais de 4/6, 6/4 e 6/3, após 2h09 de batalha.

Lehecka é o primeiro tcheco a vencer um título desde Jiri Vesely em 2020, em Pune. Ele subirá nove posições no ranking com a conquista e alcançará o 23º lugar na próxima lista da ATP, o mais alto da carreira. Já o britânico Draper ganhará sete posições e assumirá o 55º posto. Sua melhor marca foi a 38ª colocação, há um ano.

O duelo deste sábado foi o primeiro entre os dois no circuito profissional. Porém, por terem a mesma idade eles já haviam se cruzado uma vez antes no circuito juvenil. Seis anos atrás, Lehecka levou a pior na semifinal de um torneio de Grau 1 na Malásia, conseguindo agora sua revanche na decisão de Adelaide.

A partida foi equilibrada, com ambos os rivais vencendo 68% dos pontos com o saque. Lehecka fez a diferença nos pontos importantes, salvou oito dos nove break-points que enfrentou e conseguiu duas quebras com menos chances, precisando de apenas cinco oportunidades. O tcheco terminou o jogo com mais winners (34 a 24), mas também cometeu mais erros não forçados (17 a 5).

Draper começou melhor e teve cinco chances de quebra no decorrer do primeiro set, convertendo um no sétimo game para largar na frente. Só que depois disso ele não conseguiu mais bater o saque do tcheco, que teve três break-points na segunda parcial e mais dois na terceira, aproveitando um em cada para assim selar a vitória de virada.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Guilherme do ES Ribeiro
Guilherme do ES Ribeiro
1 mês atrás

Uma correção, Jack Draper já foi 38 do mundo, portanto o ranking de 55 não será o seu melhor na carreira. Quanto ao Lehecka, irá atingir seu melhor ranking, e vai deixar pra trás na história da República Checa nomes como Lukas Rosol, Daniel Vacek e Slava Dosedel.

Refaelov
Refaelov
1 mês atrás

São dois nomes com muiiiito potencial, podem complicar pra qlqr um dos favoritos num eventual cruzamento no AOpen..

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE