PLACAR

Krejcikova vira e acaba com a festa de Andreeva

Barbora Krejcikova (Foto: Tennis Australia)

Melbourne (Austrália) – Não foi desta vez que a promissora russa Mirra Andreeva, de apenas 16 anos, conseguiu alcançar as quartas de final em um Grand Slam pela primeira vez. Sua algoz neste domingo foi a tcheca Barbora Krejcikova, que saiu perdendo para a jovem rival, mas depois buscou a virada e fechou o jogo com o placar final de 4/6, 6/3 e 6/2, em 2h02 de partida.

Quadrifinalista em 2022, a tcheca iguala sua melhor marca no Australian Open e agora tentará parar a bielorrussa Aryna Sabalenka, que venceu seus últimos 11 jogos nas quadras do Melbourne Park. As duas já se enfrentaram seis vezes no circuito, quatro delas no ano passado, e a tcheca só conseguiu uma vitória, em Dubai 2023.

Responsável pela eliminação da tunisiana Ons Jabeur na segunda rodada, Andreeva foi melhor no primeiro set e teve quebra de vantagem em três oportunidades distintas, primeiro abriu 1/0 e saque, depois fez o mesmo ao sacar em 3/2 e por fim obteve um último break no nono game, desta vez conseguindo enfim não levar a quebra de volta na sequência para fechar a parcial e fazer 1 a 0.

Mais experiente, Krejcikova se manteve firme na partida e respondeu com uma quebra logo no começo do segundo set, para abrir 2/0, só que agora foi a vez da jovem russa devolver o break na sequência. No sexto game, a tcheca voltou a pressionar Andreeva, que salvou dois break-points, mas não resistiu ao terceiro, que acabou sendo decisivo para o empate.

Veio então a terceira parcial para definir quem iria avançar e na reta final a juventude de Andreeva acabou não fazendo a diferença. Krejcikova de novo começou vencendo os dois primeiros games, mas desta vez não permitiu reação da rival. Pelo contrário, a tcheca ampliou a vantagem com mais uma quebra no sétimo game e então sacou para fechar, confirmando o serviço de zero.

4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Camila
Camila
1 mês atrás

Com essa vitoria ela eñtrou no TOP 10. Mas parabéns a Mirra, tão nova e já joga um belo tênis.

Ubiratan (Black)
1 mês atrás
Responder para  Camila

Esse top 10 tá nessa flutuação. Quem desse bolo vem conseguindo avançar às QF nos torneios tem chegado lá. Seria o caso da Bia agora também. Ostapenko, como já tava previsível nos últimos 2 torneios nas semanas passadas, precisaria garantir uma gordurinha, e conseguiu, para ficar menos preocupada de cair algumas posições no ranking se não conseguisse defender bem as QF de 2023! na atualização vai conseguir se manter ali colada na briga atrás da Krejcikova. Bem! tem que esperar o jogo das quartas, mas Sabalenka não deverá deixar que ela suba mais o sarrafo do top 10. Só que, correndo por fora, na outra chave, a Zheng vem sem cabeças de chave para chegar na SF e colocar esse sarrafo lá em cima, e se avançar mais no torneio vai muito longe no ranking.

Evandro
Evandro
1 mês atrás

“… tcheca ampliou a vantagem como mais uma quebra no sétimo game e então sacou para fechar, vencendo o derradeiro game de zero.”
Oi?

José Nilton Dalcim
Admin
1 mês atrás
Responder para  Evandro

Qual foi sua dificuldade de interpretação no texto tão claro?

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE