PLACAR

Kokkinakis supera Draper em jogo de 3h e encara Evans

Thanasi Kokkinakis (Foto: Mifel Tennis Open by Telcel Oppo)

Los Cabos (México) – A rodada de abertura do ATP 250 de Los Cabos foi bastante movimentada e teve logo de cara o primeiro cabeça de chave eliminado. Quinto pré-classificado e 38º do mundo, o russo Roman Safiullin não foi páreo para o britânico Daniel Evans, 42º colocado no ranking, que marcou as parciais de 6/2 e 6/4 em 1h41 e garantiu vaga nas oitavas de final.

Seu próximo adversário será o vice-campeão de 2017, o australiano Thanasi Kokkinakis, hoje fora do top 100 e que precisou de 2h58 para derrubar de virada o britânico Jack Draper, de 22 anos e número 53 do mundo, com o placar final de 4/6, 7/6 (7-5) e 6/4.

Evans e Kokkinakis já se enfrentaram três vezes na carreira, com duas vitórias do australiano e outra do inglês em um challenger. Quem avançar pode cruzar nas quartas de final com o principal favorito ao título do torneio, o alemão Alexander Zverev, que não joga a primeira rodada. Seu adversário na segunda fase virá do duelo entre o quali italiano Flavio Cobolli e o japonês Yoshihito Nishioka.

Quem já conheceu seu primeiro desafio na competição é o australiano Alex de Minaur. Finalista no piso duro mexicano no ano passado, o atual número 9 do mundo é o cabeça 3 e estreará contra o norte-americano Alex Michelsen, que levou a melhor no duelo de alternates diante do o francês Constant Lestienne, triunfando por 6/3 e 7/6 (7-3) em 1h41 de partida.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Outro confronto bem interessante na rodada foi a vitória do australiano Max Purcell, sétimo pré-inscrito, sobre o jovem italiano Matteo Arnaldi, de 22 anos, pelo placar de 6/4, 4/6 e 6/4, após 2h30 de batalha. Ele aguarda agora pelo vencedor da partida entre o alemão Dominik Koepfer e o português Nuno Borges.

Por fim, no jogo entre qualificados norte-americanos, Aleksandar Kovacevic prevaleceu sobre Brandon Holt por 6/1 e 6/4 e será o oponente de quem avançar entre o sérvio Miomir Kecmanovic, sexto cabeça de chave, e o australiano Rinky Hijikata.

2 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulo
Paulo
1 mês atrás

Esse gosta de um jogo longo. Torço por ele mas ele tá tipo o Murray ano passado. Um jogo de 3 hs na estreia e uma taca na segunda rodada de tão morto q fica. Vamos ver se aguenta o proximo

Balbino Neto
Balbino Neto
1 mês atrás

Kokkinaks têm bom potencial que ficou bem evidente nesse confronto contra Drapper. Mas o total de conquistas do australiano não reflete suas boas atuações, sugerindo que falta-lhe uma vírgula para ser mais bem sucedido. Precisando de ajuda externa.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE