PLACAR

Koepfer: “Alcaraz não é perfeito, nenhum tenista é”

Dominik Koepfer (Foto: Corinne Dubreuil/FFT)

Nova York (EUA) – Adversário de estreia do espanhol Carlos Alcaraz, em duelo marcado para a rodada noturna desta terça-feira, o alemão Dominik Koepfer está animado por enfrentar o número 1 do mundo no maior palco do tênis mundial, muito em função de ter dado a volta por cima após se recuperar de lesão e reencontrar seu melhor tênis.

“Eu meio que vejo isso como uma recompensa pelo último ano que tive. Saí de 260, perdendo na primeira rodada do qualificatório aqui (no ano passado) para jogar agora no Ashe na sessão noturna contra o número 1 do mundo. É uma situação ganha-ganha, não tenho nada a perder. Estou animado para enfrentá-lo”, destacou o alemão.

Vindo de sete vitórias nos três torneios preparatórios que disputou, os ATP 250 de Winston-Salem, Los Cabos e Atlanta, ele reconhece a capacidade de Alcaraz, mas garante que vai entrar em quadra confiante de que pode fazer bonito contra rivais deste porte.

“Ele não é perfeito, nenhum tenista é perfeito. Já joguei contra Novak (Djokovic) antes e ganhei um set contra ele, também joguei com Roger (Federer). É uma sensação diferente porque é apenas o nome que deixa você um pouco mais ansioso ou nervoso ou torna mais especial enfrentá-los”, disse Koepfer, de 29 anos e atual 75 do mundo.

“Mas ele também é apenas um tenista, vai cometer alguns erros como qualquer outro cara também. Obviamente, Alcaraz é um pouco mais rápido que a maioria, mas vou simplesmente ir lá e me divertir e dar o meu melhor”, finalizou o canhoto alemão, que tem apenas uma vitória em 13 jogos contra top 10.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Toda a comemoração de Alcaraz na conquista de Roland Garros

Jannik Sinner é o 29º homem a liderar o ranking profissional

PUBLICIDADE