PLACAR

Klier sofre virada e fica com o vice no Chile

Gilbert Klier (Foto: Legión Sudamericana)

Temuco (Chile) – O brasiliense Gilbert Klier até saiu na frente, mas levou a virada e perdeu a chance de conquistar o maior título da carreira. Neste domingo, o atual 461º do mundo foi superado na decisão do challenger de Temuco, em quadras duras no Chile, pelo norte-americano Aleksandar Kovacevic, 123º colocado no ranking e cabeça 4 do torneio, com o placar de 4/6, 6/3 e 6/3 em 1h39 de partida.

Aos 25 anos, Kovacevic fatura o quarto título de challenger de sua carreira, todos nesta temporada e em piso duro. Com os 75 pontos obtidos em Temuco, ele ultrapassará 19 concorrentes no ranking, chegando à 104ª colocação, três acima de sua melhor marca.

Por sua vez, Klier dará um salto de mais de 100 posições com os 50 pontos conquistados no Chile. Dessa forma, alcançará o 356º lugar, ficando também a três lugares de seu recorde pessoal, obtido em junho do ano passado. Dono de seis troféus de ITF na carreira, o brasileiro de 23 anos faturou dois torneios M15 nesta temporada, na quadra dura de Monastir e no saibro de Buenos Aires.

A derrota para Kovacevic foi a segunda em dois dias, já que o norte-americano e seu compatriota Keegan Smith haviam eliminado Klier e o pernambucano João Lucas Reis também na semifinal de duplas, no sábado.

O jogo começou muito bem para o brasileiro, que obteve duas quebras logo de cara e abriu 3/0 no placar. Apesar de perder o saque no quarto game, ele administrou bem a vantagem até o final e fechou a parcial no terceiro set-point que teve. Jogando muito bem com o primeiro serviço, Klier venceu 78% dos pontos em que acertou a primeira bola e disparou dois aces.

Já no segunto set foi a vez de Kovacevic elevar o nível de seu saque, acertando cinco aces e ganhando 76% dos pontos com o primeiro serviço. No sexto game, ele conseguiu pressionar bem o brasileiro e obteve a única quebra de toda a parcial, mantendo-se à frente até vencer por 6/3.

O terceiro e decisivo set seguiu o script do início do segundo, com os dois jogadores confirmando seus serviços sem grandes sustos. Foi então no oitavo game que Kovacevic conseguiu quebrar o saque de Klier e encaminhar o título. Já sob pressão, o brasileiro ainda cedeu mais uma vez no nono game e viu o norte-americano fechar a conta.

14 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Márcio
Márcio
7 meses atrás

Perdeu intensidade nos últimos dois sets e o norte-americano não estava errando nada. Foi um bom torneio do Klier, vai ter uma boa subida no ranking. No mais, o negócio, claro, é tentar manter esse ritmo. Agora torcer pra Laura em BA e pro Mateus nas duplas.

Última edição 7 meses atrás by Márcio
Paulo A.
7 meses atrás
Responder para  Márcio

Derrota nada inesperada mas a campanha no torneio digna dos maiores elogios. E parece-me que ele joga melhor no piso rápido, o que é um.bom sinal no circuito atual.

Tiago PW
Tiago PW
7 meses atrás

Parabéns pela semana Klier!
Não há nada para se envergonhar, fizeste muito mais do q esperávamos.
Foco no processo que os resultados serão consequência.

Douglas Rodrigues
Douglas Rodrigues
7 meses atrás

Que pena… Essa derrota. mais ja esta de parabéns foi uma bela semana. Vamos voltar Ano que vem com tudo… Parabens Klier.

Ubiratan (Black)
7 meses atrás

Parabéns pelo torneio, mostrou-se bem.competitivo. Teve essa baixa nos últimos 2 serviços, infelizmente, acho que segurou mais o braço, foi mais cauteloso! e quando foi pra cima no último ponto, aí errou. E o adversário sacou muito nos últimos games não dando chance para Klier tentar alguma coisa.
Parabéns aos brasileiros, mandaram muito bem! Não teve Chile e nem Argentina, foram brasileiros que tomaram conta. O Kavacevic levou a melhor no final mas os brasileiros, não só nesse torneio, mostraram que tem potencial para avançar, os que podem entrar no top 100 e os demais avançarem mais no ranking.
Próximo ano tá logo aí!

Leonel
Leonel
7 meses atrás

Klier tá de parabéns. Voltou a jogar bem. Subiu o sarrafo. Agora com melhor ranking, vai jogar torneios maiores.

Jorge Luiz
Jorge Luiz
7 meses atrás

Que pena

Guilherme do ES Ribeiro
Guilherme do ES Ribeiro
7 meses atrás

Uma pena. Teve chances. Mas foi uma excelente semana do Klier. Maior resultado da carreira, com a maior vitória da carreira também.

Gusmão
Gusmão
7 meses atrás

Parabéns Klier, pela boa Campanha.
Força Brasileiros para a próxima temporada.

Alexandre
Alexandre
7 meses atrás
Responder para  Gusmão

Voltou Gusmão!! Vai Brasil!!

Alexandre
Alexandre
7 meses atrás

Parabéns pela campanha até que surpreendente. Uma pena que seja no último torneio da temporada e não conseguirá manter o embalo. Foco para 2024.

André Borges
André Borges
7 meses atrás

Existem exames anti doping regulares pra quem está suspenso ou aposentado? É bem comum esses casos de jogadores que voltam de suspensao ou aposentadoria com uma performance muito melhor. Cañas foi suspenso e quando voltou meteu duas vitorias em cima do Federer na dura na sequencia, ganhou até M1000. Henin e Clijsters aposentavam e voltavam ganhando Slam, Clijsters inclusive ganhou US Open sem ter ranking. Nadal a cada dois anos ficava 8 meses fora e voltava ganhado 3 Slams em sequencia. Se eu ficar puxando pela memoria nunca vão terminar os casos.

João Fabrício!
João Fabrício!
7 meses atrás

Como é bom ver o site longe dos psicopatas.
Vou ser sincero, prefiro as msgs dos hatersndo que o ambiente pesado que um maluco depositou no site. Creio que todos vcs sabem de quem estou falando! Sucesso ao site!

Henrique
Henrique
7 meses atrás

Manda bala menino. Esse é o caminho. Melhores semanas estão por vir!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Wimbledon seleciona os melhores backhands de 1 mão

Os históricos duelos entre Serena e Venus em Wimbledon

PUBLICIDADE