PLACAR

Keys bate Pegula e pega Vondrousova nas quartas

Foto: Garrett Ellwood/USTA

Nova York (EUA) – No duelo 100% norte-americano que abriu a segunda-feira no Arthur Ashe Stadium, o favoritismo de Jessica Pegula, atual número 3 do mundo, ficou apenas no papel e Madison Keys mostrou que gosta de jogar nos grandes palcos e bateu a compatriota com autoridade, marcando parciais de 6/1 e 6/3 em apenas 61 minutos de partida.

A vitória de Keys foi tão contundente que sua rival só foi definida alguns minutos depois, mesmo que o jogo entre a tcheca Marketa Vondrousova e a norte-americana Peyton Stearns tenha começado uma hora antes. A campeã de Wimbledon teve trabalho, saiu atrás e suou para buscar a virada, fechando o jogo com o placar de 6/7 (3-7), 6/3 e 6/2, após 2h10 de batalha.

Será a primeira vez que Vondrousova e Keys se enfrentarão no circuito. Enquanto a tcheca de 24 anos e atual 9 do mundo faz sua melhor campanha no US Open, passando das oitavas pela primeira vez, do outro lado a norte-americana já foi vice-campeã em 2017 e semifinalista no ano seguinte, mas segue em busca de seu primeiro título de Slam.

Keys teve atuação de gala contra Pegula e dominou a compatriota, anotou mais que o triplo de boalas vencedoras (21 a 6) e cometeu um erro não forçado a menos (19 a 20). Ela teve bom aproveitamento com o saque, vencendo 70% dos pontos, e ainda faturou mais da metade dos pontos de devolução (31 em 58).

Perdendo apenas quatro pontos nos três primeiros games, Keys largou com tudo e abriu 3/0 de cara, ampliando a vantagem como nova quebra no sexto e penúltimo game. Pegula tentou igualar mais o jogo na segunda parcial, mas o saque não ajudou, sofreu mais três quebras e só não perdeu mais feio porque conseguiu devolver uma delas.

 

A outra partida de oitavas foi bem mais equilibrada e começou com susto da atual campeã de Wimbledon, que perdeu o primeiro set para a jovem Stearns, de 21 anos e atual 59 do mundo. Só que a superioridade e a experiência de Vondrousova se impôs no decorrer do jogo, marcado pelas diversas quebras.

Foram ao todo 11 quebras na partida, duas no primeiro set, cinco no segundo e mais quatro no terceiro. Mais consistente, Vondrousova levou a pior nos winners, anotando quatro a menos que a rival norte-americana (23 a 27), mas compensou com folga nos erros não forçados, cometendo 23 a menos que Stearns (29 a 52).

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE