PLACAR

Kasatkina dá “bicicleta” e enfrenta Badosa, Keys confirma

Foto: AELTC

Londres (Inglaterra) – A russa Daria Kasatkina obteve um resultado pouco comum para segundas rodadas de Grand Slam. A número 12 do mundo não perdeu um único game e gastou apenas 51 minutos para superar a japonesa Yuriko Miyazaki, 148ª colocada.

Kasatkina jamais teve o serviço ameaçado, enquanto a adversária cometeu incríveis 31 erros, somando apenas seis pontos no primeiro set e 12 no segundo. Cabeça 14 de Wimbledon, ela enfrentará agora a espanhola Paula Badosa, que teve vitória tranquila sobre a tcheca Brenda Fruhvirtova, por 6/4 e 6/2.

Esta é a segunda vez consecutiva que Kasatkina atinge a terceira rodada em Wimbledon, mas sua melhor campanha foram as quartas de 2018. Badosa por sua vez atingiu oitavas em 2021 e 2022, que foi também a última vez que ganhou três jogos seguidos num mesmo Slam.

Outro nome forte a avançar nesta quinta-feira foi a norte-americana Madison Keys, 13º do mundo, que marcou duplo 6/2 sobre a chinesa Yafan Wang e agora enfrentará quem passar do duelo entre a ucraniana Marta Kostyuk e a australiana Daria Saville. No ano passado, Keys chegou nas quartas de final.

3 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Ana
Ana
11 dias atrás

Feliz pela Dasha, mas Badosa é osso duro.
A propósito, a Yuriko Miyazaki, na verdade, representa o Reino Unido…

Paulo A.
Paulo A.
11 dias atrás

Madison Keys pode ser uma perigosíssima jogadora na grama. Seus potentes golpes retos, especialmente o forehand, podem ser devastadores. O problema é que às vezes ela se perde em erros demais.

Alcir Oliveira Garcia
Alcir Oliveira Garcia
11 dias atrás

Badosa vence,é mais aguerrida, ataca mais

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE