PLACAR

“Jogador perfeito” de Monfils mistura Big 3 e Alcaraz

Foto: Reprodução/YouTube

Um grande campeão de tênis é formado por várias habilidades físicas, técnicas e mentais. Portanto, chegar à fórmula perfeita é quase impossível para um único ser humano e é preciso recorrer às capacidades de outros atletas para se chegar ao “jogador ideal”.

Entrando nessa brincadeira, o francês Gael Monfils montou aquele que julga ser o tenista perfeito, baseado nas melhores aptidões de seus companheiros de profissão. O resultado, publicado no canal da ATP no YouTube, trouxe uma mistura bem diversificada, com aspectos marcantes de Novak Djokovic, Rafael Nadal, Roger Federer e Carlos Alcaraz, entre outros.

Forehand
“A direita eu ficaria com a de Juan Martín Del Potro. Seu forehand era rápido, pesado, muito preciso em todos os momentos. Você sabia que ele não iria errar muitas bolas com aquele golpe, e ele também poderia acertar de qualquer ponto da quadra. Todos sabíamos perfeitamente a arma que ele tinha.”

Backhand
“Vou ficar com o backhand de Novak Djokovic. Sinto que a esquerda dele é quase perfeita, como se pudesse acertar a qualquer momento e de qualquer lugar da quadra. Ele é rápido, controla perfeitamente, definitivamente prefiro o revés do Nole.”

Saque
“Aqui eu escolho Nick Kyrgios. Seu saque é muito puro, mas ao mesmo tempo muito silencioso, com uma força tão natural que parece irreal. Além disso, ele bate tão forte no primeiro quanto no segundo, é por isso que vou ficar com Nick.”

Devolução
“Sem dúvida, Novak Djokovic novamente. É diretamente algo desumano, não se explica, não posso dizer mais nada. É algo indescritível.”

Slice
“Eu ficaria com o Roger Federer e aquela elegância que ele tinha na hora de acertar o slice, a maneira como ele pegava a bola para tirar toda a velocidade ou torná-la mais forte. Ele fazia isso com tanta certeza que até parecia brincadeira. 100%, slice do Roger.”

Voleio (jogo de rede)
“É complicado. Três nomes vêm à mente de imediato, mas tenho que ficar com um, Michael Llodra, Stefan Edberg ou Patrick Rafter… é muito complicado, mas vamos lá, vou pelo Rafter. Foi incrível na rede, um jogo super físico, embora qualquer um dos outros dois também tivesse funcionado para mim nesta eleição, mas tenho que ficar com um.”

Velocidade
“Não vou me escolher, isso está claro para mim. Vou ficar com o Carlos Alcaraz, acho que a velocidade dele é de outro planeta, a potência que ele tem para desenvolver suas mudanças de direção é algo desumano. Sem dúvida, Carlos é o homem para esta faceta.”

Competitividade
“É uma pergunta muito complicada, eu não teria uma resposta clara para dar. Sinceramente, sinto que todos os atletas que pertencem à elite são muito difíceis de enfrentar, talvez para escolher um tivesse que ficar com aquele que mais ganhou, mas não sei. Alguém pode não ter ganhado tanto quanto eles, mas ainda assim tem uma natureza muito competitiva. Este é difícil.”

Força mental
“Rafael Nadal. É uma loucura tudo o que ele conquistou ao longo dos anos, como ele superou e voltou mais forte de cada momento difícil que passou. Demonstrando o quanto ele é durão, que rocha ele é, jogando muitas vezes com dor. Aqui não tenho dúvidas, só pode ser o Rafa.”

Comemoração
“Este é muito subjetivo, eu diria. Encontramos jogadores com celebrações realmente simples, seja porque são mais tradicionais ou têm o seu tipo de personalidade, celebrações fáceis. Mas também temos outros que são muito mais divertidos e espontâneos. Não posso lhe dizer uma porque me parece uma questão tremendamente subjetiva.”

5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Paulino
Paulino
2 meses atrás

Concordo, em 80%, com as escolhas do Monfils. No item “competitividade”, uma de suas dúvidas, escolho Novak Djokovic, sem pestanejar. No item “comemoração”, Nadal é terrível, “intimida” o adversário. Djoko também é forte, nesse quesito. Só não concordo quanto ao “voleio”. Há e houve muita gente boa nesse quesito.

Thiago Silva
Thiago Silva
2 meses atrás
Responder para  Paulino

O próprio Federer e o Sampras seriam escolhas bem mais lógicas no voleio.

Rubens
Rubens
2 meses atrás

o jogador perfeito: tudo de Djokovic, menos o smash, nesse quesito ficaria com o do Fabio Fonini.

Porkuat
Porkuat
2 meses atrás
Responder para  Rubens

agora a Nasa vem kkkkkkk

Carlos
Carlos
2 meses atrás

De uma olhadinha no YouTube, os vôleios de patrick Rafter, o cara tinha uma plástica inigualável, pra mim o melhor nesse quesito..

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE