PLACAR

Jabeur busca grande virada, Vondrousova larga bem

Cincinnati (EUA) – Em sua partida de estreia no WTA 1000 de Cincinnati, Ons Jabeur precisou buscar uma difícil virada do terceiro set da partida contra a ucraniana Anhelina Kalinina, 28ª do ranking. Atual número 5 do mundo, a tunisiana ficou em quadra por 2h42 para vencer por 6/3, 6/7 (2-7) e 7/6 (7-2). Com o resultado, Jabeur é a primeira classificada para as oitavas.

Depois de dominar o primeiro set, ao disparar quatro aces e não enfrentar break-points, Jabeur teve a chance de sacar para o jogo na segunda parcial, quando liderava por 5/4. Ela não aproveitou a chance e perdeu o set no tiebreak. Já no set decisivo, Kalinina abriu 5/1 e sacou duas vezes para o jogo. Foi a vez então de a tunisiana ter uma excelente reação na partida para forçar um novo tiebreak e fechar o jogo. Jabeur fez quase o dobro de winners, 41 a 21 e cometeu 51 erros contra 54.

Jabeur agora espera a definição de sua próxima adversária. Ela pode enfrentar a ex-número 1 do mundo Victoria Azarenka, bicampeã do torneio, ou a croata Donna Vekic, que derrotou a norte-americana Jennifer Brady por 7/6 (7-5) e 7/5.

Já a campeã de Wimbledon Marketa Vondrousova levou a melhor no duelo tcheco contra Katerina Siniakova por 7/5 e 6/4. Décima colocada no ranking, Vondrosova enfrenta na segunda rodada a russa Anastasia Potapova, 27ª do ranking, que havia vencido na última segunda-feira a suíça Celine Naef em três sets. A canhota tcheca lidera o histórico contra Potapova por 2 a 1, mas a russa levou a melhor no duelo mais recente em Linz.

Iga reencontra Collins na estreia em Cincinnati
A número 1 do mundo Iga Swiatek já tem adversária definida para a estreia. A polonesa reencontra a norte-americana Danielle Collins, 34ª do ranking, que derrotou a russa Anastasia Pavlyuchenkova por 6/3 e 6/1. Swiatek lidera o histórico de confrontos com Collins por 3 a 1, sendo que uma dessas vitórias foi na semana passada nas quartas de final de Montréal, em três sets.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE