PLACAR

Italianas Gasparri e Valentini no lançamento do Amazônia Open

Italianas e organizadores no lançamento. (Foto: Veiga Produções)

Tucuruí (Pará) – As italianas Giulia Gasparri e Ninny Valentini, bicampeãs mundiais em 2021 e 2022, confirmaram presença no Amazônia Open, inédito evento do circuito mundial de beach tennis que acontecerá no Norte do país, em Tucuruí (PA), entre os dias 4 e 8 de junho. A competição é da categoria BT 400 e terá a maior premiação da categoria, distribuindo US$ 50 mil (cerca de R$ 250 mil) e oferecendo 470 pontos no ranking mundial para as duplas campeãs.

Gasparri e Valentini ganharam 21 títulos entre 2021 e 2023 e não jogam juntas desde o segundo semestre do ano passado, por conta de uma cirurgia no ombro que Valentini teve que se submeter. Gasparri é a atual 3ª do mundo e soma ao todo cinco títulos mundiais e 56 troféus.

A dupla visitou Belém (PA) no último final de semana e participou do coquetel de lançamento do evento na Arena Beach Premium, em Belém. As duas acompanharam as finais do Campeonato Paraense na categoria Open, que definiu as primeiras duplas convidadas para o Amazônia Open: no masculino, a dupla José Sales, de Tucuruí (PA), e Marcio Paulo, de Palmas (TO), e no feminino, a dupla Larissa Souza, de Manaus (AM), e Carolina Pinilla, colombiana que veio especialmente em busca da vaga no Amazônia Open.

“Voltamos a treinar com tudo, duas vezes por dia, como fazíamos antes da lesão da Ninny. Estamos bem focadas em fazer as coisas do jeito perfeito para voltar mais fortes do que antes”, disse Gasparri. “A gente está com muita curiosidade de ir a Tucuruí porque todo mundo falou que é um lugar muito lindo na natureza e os jogadores falaram que o evento do ano passado foi legal demais. Acredito que já a partir de abril, a gente estará em uma boa condição, mas com certeza em junho estaremos no máximo de nossa capacidade para jogarmos o Amazônia Open”, acrescentou Gasparri, que voltará a jogar com Ninny a partir deste final de março. Ela está animada para conhecer a culinária local:  “O Luan já mostrou para gente muitas imagens da culinária local, a gente ama experimentar a comida típica de cada lugar, acho que vai ser um final de semana bem divertido também (risos)”.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE