PLACAR

Ingrid não confirma favoritismo e cai na estreia

Ingrid Martins (Foto: Bad Homburg Open)

Melbourne (Austrália) – Pela primeira vez jogando um Grand Slam como cabeça de chave, a carioca Ingrid Martins teve vida curta neste Australian Open. Ao lado da romena Monica Niculescu, com quem formou a parceira 15ª pré-classificada, ela foi derrotada pelas italianas Sara Errani e Jasmine Paolini em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/1, em 1h13 de jogo.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no whatsapp

O saque de Ingrid e Niculescu não funcionou muito bem nesta quarta-feira, com aproveitamento de apenas 42%, contra 65% das adversárias. Elas ao menos não deixaram de lutar e salvaram nove break-points, mas mesmo assim foram quebradas cinco vezes. Do outro lado, as italianas cederam quatro break-points e perderam apenas um.

Errani e Paolini também foram bem mais consistentes, anotaram 10 bolas vencedoras a mais (28 a 18) e cometeram seis erros não forçados a menos (10 a 16). Na segunda rodada, as italianas terão pela frente as vencedoras do duelo que tem um lado terá a sérvia Aleksandra Krunic e a japonesa Shuko Aoyama e do outro a russa Lidziya Marozava e a polonesa Katarzyna Piter.

No primeiro set da partida, as italianas chegaram a abrir 4/1 e depois viram Martins e Niculescu devolver o berak, mas quando estas sacaram para empatar, foram quebradas novamente. A história da segunda parcial foi bem mais tranquila para Errani e Paolini, que venceram os quatro primeiros games e depois ainda anotaram mais uma quebra para fechar o jogo.

5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Rubens
Rubens
1 mês atrás

Por que a data da matéria mostra 2023??

José Nilton Dalcim
Admin
1 mês atrás
Responder para  Rubens

Puxa, que coisa maluca. Obrigado por alertar, Rubens, vamos checar com a tecnologia.

Carlos Eduardo Scioli
Carlos Eduardo Scioli
1 mês atrás

Embora cabeças-de-chave, não eram “favoritas” nunca nessa partida !

Luiz
Luiz
1 mês atrás

Fraca demais

Trump
Trump
1 mês atrás

Ingrid ainda tem q evoluir pra chegar no nível de jogo da Stefani ou da Bia, nas duplas. Por enquanto tá naquele nível Demoliner de entrar em GS mas ficar no máximo 2 ou 3 rodadas

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE