PLACAR

Iga reage no segundo set e já está nas oitavas

Foto: Giorgio Maiozzi/FITP

Roma (Itália) – Uma semana depois de ter conquistado o WTA 1000 de Madri, Iga Swiatek mantém o bom momento no saibro e já está nas oitavas de final em Roma. Em seu segundo jogo no torneio italiano, a número 1 do mundo mais uma vez confirmou seu amplo favoritismo, apesar das dificuldades no segundo set, e superou na manhã deste sábado a cazaque Yulia Putintseva, 41ª do ranking, por 6/3 e 6/4 em 1h45 de partida.

Bicampeã no saibro de Roma em 2021 e 2022, Swiatek cedeu por enquanto apenas nove games na atual edição do torneio, já que só havia perdido dois games para a norte-americana Bernarda Pera na última quinta-feira. A polonesa de 22 anos é a jogadora com mais vitórias na atual temporada do circuito, venceu 34 dos 38 jogos que disputou e já tem três títulos no ano, em Doha, Indian Wells e Madri.

A adversária de Swiatek nas oitavas virá da partida entre a alemã Angelique Kerber, ex-número 1 e que utilizou o ranking protegido para entrar na chave, e a bielorussa vinda do quali Aliaksandra Sasnovich, 72ª colocada. A polonesa venceu os dois duelos anteriores contra Kerber, o primeiro ainda em 2022 em Indian Wells e o mais recente em janeiro na United Cup. Já um duelo com Sasnovich seria inédito.

Eliminada neste sábado, Putintseva segue sem ter vencido nenhum set contra Swiatek em quatro jogos no circuito. Elas também se enfrentaram na temporada de 2021 em Ostrava e também na United Cup do ano passado e no WTA 1000 de Indian Wells deste ano. A cazaque de 29 anos e 41ª do ranking vinha de boa campanha em Madri, onde chegou às quartas.

Primeiro set teve só uma quebra e Iga começou atrás no 2º

O primeiro set teve apenas uma quebra, sendo que Swiatek não enfrentou nenhum break-point. Firme em seus games de serviço, a polonesa tentava ser efetiva também nas devoluções, criando as primeiras oportunidades logo no início da partida. Putintseva tentava não dar ritmo nos ralis, utilizando bolas mais altas com o forehand e também algumas curtinhas.

A quebra aconteceu justamente quando Swiatek conseguiu chegar bem em um drop-shot executado pela cazaque e definiu o ponto em uma contra-deixada para fazer 4/2. A número 1 do mundo ainda teria uma nova chance de quebra dois games mais tarde, quando vencia por 5/2, mas só definiria a parcial em seu saque. Ela fez 13 a 9 nos winners e cada jogadora cometeu 11 erros.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Já no segundo set, a número 1 do mundo precisou mostrar poder de reação. Depois de começar a parcial cometendo muitos erros não-forçados com o forehand, ela sofreu uma quebra e saiu perdendo por 3/0. Putintseva chegou a liderar por 4/1 e teve muitas chances de ampliar a diferença.

Swiatek salvou quatro break-points no sexto game da parcial, um deles com um ótimo saque no meio, e aos poucos foi retomando o tempo de bola ideal para retomar o domínio da partida. Putintseva, por sua vez, dava nítidos sinais de frustração com as oportunidades perdidas e logo cedeu o empate. A número 1 do mundo soube aproveitar o bom momento e conseguiu uma nova quebra, passando à frente no placar, e venceu os últimos cinco games da partida. Swiatek liderou a estatística de winners por 25 a 15 e cometeu 24 erros contra 21.

4 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
João Sawao ando
João Sawao ando
14 dias atrás

E a iga caminhando para a final

Luis Ricardo
Luis Ricardo
14 dias atrás

lá vem o “tufão” Iga …..ou será que “furacão” fica melhor……vai Iga “””

Paulo
Paulo
14 dias atrás

Iga sendo Iga!

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Agassi recorda trajetória de drama e sucesso em Roland Garros

Os melhores lances de Iga Swiatek rumo ao tri no Foro Italico

PUBLICIDADE