PLACAR

Iga pode reencontrar Gauff e Rybakina no US Open

Foto: Pete Staples/USTA

Nova York (EUA) – Líder do ranking mundial e atual campeã do US Open, Iga Swiatek pode reencontrar Coco Gauff em Nova York. Elas se enfrentaram no último sábado em Cincinnati, com uma inédita vitória da norte-americana, após sete triunfos da polonesa em duelos anteriores. O reencontro pode acontecer nas quartas.

A estreia de Swiatek será contra a sueca Rebecca Peterson. Se vencer, ela pode enfrentar a campeã juvenil de Wimbedon Clervie Ngounoue ou a australiana Daria Saville. A cabeça de chave mais próxima é a italiana Elisabetta Cocciaretto, sendo que Jelena Ostapenko e Veronika Kudermetova podem pintar nas oitavas.

Gauff estreia contra uma tenista do quali e pode cruzar o caminho da jovem russa de 16 anos Mirra Andreeva na segunda rodada, enquanto Elise Mertens ou Danielle Collins podem pintar na terceira rodada. O setor da chave ainda tem a cabeça 11 Petra Kvitova, que estreia contra a espanhola Cristina Bucsa e pode cruzar o caminho da ex-líder do ranking Caroline Wozniacki na segunda rodada. A dinamarquesa enfrenta uma tenista do quali.

Ainda na parte de cima da chave está o quadrante de Elena Rybakina e Maria Sakkari. A cazaque estreia contra a ucraniana Marta Kostyuk e pode enfrentar Sorana Cirstea na terceira rodada, além de Victoria Azarenka ou Belinda Bencic nas oitavas. Já a grega enfrenta a espanhola Rebeka Masarova, podendo enfrentar a ucraniana Anhelina Kalinina na terceira fase. O setor é o mesmo de Beatriz Haddad Maia, que estreia contra a campeã de 2017 Sloane Stephens, e da finalista de Roland Garros Karolina Muchova.

Sabalenka tem Jabeur no quadrante e Pegula na semi
Do outro lado da chave, a número 2 do mundo Aryna Sabalenka e a vice-campeã do ano passado Ons Jabeur estão no mesmo quadrante. Sabalenka enfrenta a belga Maryna Zanevska e pode enfrentar Anna Blinkova ou Jodie Burrage na segunda rodada. A bielorrussa tem a tcheca Karolina Pliskova como possível rival na terceira rodada, enquanto Daria Kasatkina, Paula Badosa, Venus Williams ou Donna Vekic podem pintar nas oitavas. Jaebur, por sua vez, encara a colombiana Camila Osorio. A tunisiana tem no caminho as tcehcas Linda Noskova, Marie Bouzkova e Barbora Krejcikova.

Já a terceira do ranking Jessica Pegula, campeã recentemente em Montréal, tem uma estreia dura contra a italiana Camila Giorgi. Ela pode enfrentar a ucraniana Elina Svitolina na terceira rodada. A norte-americana tem no caminho a compatriota Madison Keys e a russa Liudmila Samsonova, possíveis rivais nas oitavas. O quadrante ainda tem a campeã de Wimbledon Marketa Vondrousova. A canhota tcheca enfrenta uma tenista do quali e pode cruzar o caminho de nomes como Bianca Andreescu, campeã em 2019, Leylah Feranandez e a número 7 do ranking Caroline Garcia.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Karlovic oficializa aposentadoria e recebe homenagem da ATP

O melhor duelo entre Djokovic e Murray? Reveja Qatar em 2017

PUBLICIDADE