PLACAR

Hurkacz saca muito bem e é o primeiro semifinalista

Foto: Peter Staples/ATP

Cincinnati (EUA) – O polonês Hubert Hurkacz é o primeiro semifinalista do Masters 1000 de Cincinnati. Mais uma vez contando com ótimo desempenho no saque, o atual número 20 do mundo avançou depois de superar nesta sexta-feira o lucky-loser australiano Alexei Popyrin, 58º do ranking, por 6/1 e 7/6 (10-8) em apenas 1h17 de partida.

Hurkacz tem um título de Masters 1000, conquistado ainda em 2021 em Miami. Já no ano passado, ele ficou com o vice em Montréal. O polonês de 26 anos tem seis conquistas no circuito da ATP e busca a oitava final da carreira. Seu troféu mais recente foi conquistado no início deste ano em Marselha.

O adversário de Hurkacz na semifinal deste sábado virá da partida entre o espanhol Carlos Alcaraz, número 1 do ranking, e o australiano vindo do quali Max Purcell, 70º colocado. Ele perdeu os dois duelos que fez contra Alcaraz no circuito e ainda não enfrentou Purcell em competições da ATP, embora já tenha vencido o rival em um challenger japonês em 2018.

Hurkacz disparou 10 aces na partida desta sexta-feira pelas quartas de final e não enfrentou break-points. O polonês cedeu apenas nove pontos em seus games de serviço, sendo só três quando colocou o primeiro saque na quadra. Ele liderou a estatística de winners por 19 a 11 e cometeu 19 erros contra 21 de Popyrin.

No primeiro set, o polonês quebrou duas vezes e só perdeu dois pontos no saque. Já a segunda parcial foi inteiramente sem quebras ou mesmo break-points. Hurkacz abriu grande vantagem no início do tiebreak, chegando a liderar por 6-1. Popyrin salvou cinco match-points e virou para 7-6. O australiano perdeu o set-point e não teria novas chances no serviço do polonês, que voltou à liderança no placar e, no sétimo match-point, definiu a partida com ace.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE