PLACAR

Halep tem pena reduzida e está livre para voltar a jogar

Foto: Tennis Majors

Lausanne (Suíça) – O Tribunal Arbitral do Esporte (TAS/CAS) reduziu nesta terça-feira a pena dada à ex-número 1 Simona Halep depois de ter testado positivo para Roxadustat no US Open de 2022. Suspensa desde 7 de outubro de 2022 pela Agência Internacional para a Integridade do Tênis (ITIA), que deu um gancho de quatro anos para a romena, ela agora teve a pena revista para 9 meses, que já foram cumpridos e permitem sua volta imediata às competições.

“Ao longo deste longo e difícil processo, mantive a minha crença de que a verdade acabaria por ser revelada e que uma decisão justa seria alcançada, porque sou e sempre fui uma atleta limpa. A minha fé no processo foi testada pelas acusações escandalosas que foram levantadas contra mim e pelos recursos aparentemente ilimitados que foram alinhados contra mim. Mas no final, a verdade prevaleceu, mesmo que tenha demorado muito mais tempo do que eu gostaria”, disse Halep em comunicado.

A CEO da ITIA, Karen Moorhouse, comentou o assunto através de comunicado. “Um elemento essencial do processo antidoping é a capacidade do jogador de apelar, e a ITIA respeita tanto o seu direito de fazê-lo quanto o resultado. A ITIA aguarda a decisão completa e fundamentada e irá analisá-la minuciosamente no devido tempo”.

Em 2023, Halep foi considerada culpada, por um tribunal independente, por ter violado o Programa Antidoping do Tênis. Na sua decisão, a ITIA “admitiu o argumento de ingestão de suplemento alimentar contaminado apresentado por Halep”, mas “determinou que a concentração de Roxadustat encontrada na amostra positiva não poderia resultar da quantidade ingerida pela jogadora”, raciocínio invalidado na terça-feira pelo CAS.

16 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Bruno
Bruno
1 mês atrás

Tênis Brasil, fiz um teste para descobrir o por que dos comentários estarem sendo todos negativados. Acontece que se entrar na guia anônima usando um VPN, a pessoa consegue votar quantas vezes ela quiser. A hipótese é que algum desocupado tem feito isso por algum motivo que só ele (a) deve saber.

Gilvan
Gilvan
1 mês atrás
Responder para  Bruno

Mas não tenha dúvida! Tem um desses desocupados que fica o dia inteiro caçando comentários contra o Djocovid em qualquer notícia, só para negativar e repetir a mesma ladainha de sempre.

Leo, o realista
Leo, o realista
1 mês atrás
Responder para  Bruno

Tem outras coisas bizarras. De vez em quando, vou curtir ou negativar um comentário e dá erro, mesmo sem se ter reagido no comentário.
Esse sistema é pior que o de antes, mas infelizmente não vão voltar com anterior, então o jeito é se acostumar com os defeitos.

Luiz
Luiz
1 mês atrás
Responder para  Leo, o realista

Exato

Rogerio Silva
Rogerio Silva
1 mês atrás
Responder para  Leo, o realista

Aconteceu comigo agora!
“Você já votou nesse comentário ‘

Carlos Alberto Ribeiro da Silva
Carlos Alberto Ribeiro da Silva
1 mês atrás

Eu, particularmente, acho uma excelente notícia essa decisão do Tribunal Arbitral do Esporte de redução da punição da Halep. Antes da Bia começar a se destacar no circuito em 2022, a Halep era minha tenista preferida pois, além de achá-la talentosa e competente para jogar tênis, também a considerava uma jogadora simpática e carismática. Ela está com 32 anos e 5 meses mais ou menos, então, se conseguir se manter saudável, ainda dá pra jogar num bom nível por mais uns três ou quatro anos.

Jece vargas
Jece vargas
1 mês atrás

Que ótima notícia pra ela e pros fãs dos tênis. Boa sorte, Simona!

Luiz
Luiz
1 mês atrás

Interessante sua pesquisa
Era só o que faltava censurar os likes ou deslikes
Se o fulano entra dez vez para ler e quer negativar as dez vezes é algum problema?
Cada uma

Última edição 1 mês atrás by Luiz
Leo, o realista
Leo, o realista
1 mês atrás
Responder para  Luiz

Há censura em comentários também. Eu nem xingo, nem falo palavrão, mas alguns comentários meus não são publicados ou são editados.
Obs. Esse é mais um que não será publicado.

Evandro
Evandro
1 mês atrás
Responder para  Leo, o realista

Kkkkkkkkkk. Boa, Tenisbrasil!

Haroldo Guimaraes
Haroldo Guimaraes
1 mês atrás
Responder para  Leo, o realista

oi…

Christian
Christian
1 mês atrás
Responder para  Luiz

Seria justo uma pessoa só votar pra um assunto mais de uma vez?

Ronildo
Ronildo
1 mês atrás

Excelente notícia. A Halep entrou no tênis quando a Serena ainda estava no auge e mesmo assim marcou o circuito com seu talento e sua garra.

Marcos Ribeiro
Marcos Ribeiro
1 mês atrás

Hall…Êpa! Aí tem!

O que não tem sao critérios bons e firmes nestes órgãos de fiscalização do doping.

JBG
JBG
1 mês atrás

Quando Biatriz Haddad Maia estava começando aparecer no circuito em grande ascensão fez uma final de Master 1000 contra Simona Halep, antes de vencer grandes adversárias, foi um jogo duríssimo. Simona mal conseguia respirar e estava bem exausta, mas acabou vencendo. Na minha opinião ela venceu mas já com esse doping Roxadustat. Tirou título da Bia. Uma pena aquela final, devia ser revisada, mas sei que é impossível fazerem alguma coisa. Mas que foi injusto foi, inclusive com Serena Williams no GS. Mas apesar de tudo gosto da Simona e quero acreditar que foi um erro tudo isso.

trackback

[…] Tribunal Arbitral do Esporte (CAS) anulou a decisão imposta pela ITIA em setembro do ano passado, reduzindo a suspensão da ex-número 1 do mundo de quatro anos para nove meses. Isso porque, em seu recurso de defesa, a […]

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Veja os melhores lances da rápida final masculina de Miami

Collins segura os nervos e bate Rybakina: veja o melhor da final

PUBLICIDADE