PLACAR

Goolagong Cawley é homenageada nos 50 anos do 1º título

Evonne Goolagong Cawley (Australian Open/ Instagram)

Melbourne (Austrália) – Evonne Goolagong Cawley, lenda do esporte australiano, foi homenageada nesta quinta-feira pelo 50º aniversário de seu primeiro título no Aberto da Austrália.

Em cerimônia especial na Rod Laver Arena antes das semifinais femininas, foi anunciado que a partir de 2025 a celebração anual da cultura das Primeiras Nações será feita durante a primeira semana da competição com o nome de Evonne Goolagong Cawley Day.

Na próxima edição, a Australian Tennis Foundation sediará o café da manhã “Because of Evonne”, seguido de caminhada cerimonial até o Melbourne Park, com todos os fundos arrecadados destinados ao trabalho de vida de Goolagong Cawley, melhorar a vida das crianças indígenas por meio da educação e do esporte.

Para comemorar este aniversário marcante, a Tennis Australia doou US$ 100 mil aos programas indígenas e continuar o excelente trabalho de Evonne. “Estamos muito satisfeitos em homenagear Evonne aqui no Aberto da Austrália na Rod Laver Arena, 50 anos após sua primeira vitória no Aberto da Austrália e antes de duas semifinais femininas de grande sucesso”, disse Craig Tiley, CEO da Tennis Australia.

“Evonne exemplifica tudo o que há de bom e excelente em nosso esporte, dentro e fora da quadra. Ela é um exemplo brilhante de humildade e graça, e a dedicação que demonstrou ao longo de tantos anos em ajudar os outros é uma inspiração para todos nós. Estamos ansiosos para desenvolver o legado de Evonne e continuar seu trabalho extraordinário.”

Amigas de longa data, Billie Jean King esteve presente na Rod Laver Arena para prestigiar a homenagem, ao lado de sua companheira Ilana Kloss. “Um dia incrivelmente especial no Aberto da Austrália comemorando o 50º aniversário da vitória de nossa amiga Evonne Goolagong Cawley no Aberto da Austrália em 1974”, escreve King em suas redes sociais.

Evonne e Billie Jean assistiram a vitória de Aryna Sabalenka sobre Coco Gauff Coco Gauff nesta quinta-feira, por 7/6 (7/2) e 6/4, que garantiu à bielorrussa a presença na final pelo segundo ano consecutivo, ela que é a atual campeã e número 2 do mundo do mundo. Sabalenka afirmou na entrevista em quadra que foi uma honra atuar diante de duas lendárias tenistas.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE