PLACAR

Goiano é bi nos 80 anos na Copa Yone Borba

José Silvestre (Foto: Felipe Mohr)

Porto Alegre (RS) – Os primeiros campeões do 37º Seniors Internacional de Tênis de Porto Alegre – Copa Yone Borba Dias foram definidos, nesta quarta-feira. O evento é da categoria MT700 do ranking mundial da Federação Internacional de Tênis e conta com 200 atletas de 13 países, na Associação Leopoldina Juvenil. O evento vai até o sábado, dia 4.

Na categoria dos mais experientes, a de 80 anos, o goiano José Silvestre, de 82, alcançou o bicampeonato ao vencer as três partidas na competição. Ele derrotou nesta quarta-feira o chileno Pedro Rivero por 6/0 6/1 e bateu outros dois italianos ao longo da semana, Giuseppe Vento (por 4/6 6/1 10/5) e Enzo Migliorini (6/2 6/3).

“Estou muito feliz com a conquista. Este torneio é muito especial, é o melhor do circuito masters”, apontou o veterano que este ano teve a oportunidade de conhecer Rafael Nadal.  “Adoro seguir o circuito, já fui top 10 do mundo, este ano disputei o Mundial em Mallorca, na Espanha, acabei perdendo cedo, mas tive a oportunidade de conhecer o Rafael Nadal na academia dele. Fiquei 1h30 esperando e ele pegou o celular para fazer uma selfie comigo. Fiquei muito feliz”, disse. Nos 75 anos feminino, a paranaense Sueli Reis foi a campeã com a gaúcha Ilza Rocha sendo vice.

Outras duas finais estão definidas e acontecem nesta quinta-feira. Nos 70 masculino, o paulista Galba Couto, quarto do mundo, vai em busca do bicampeonato. Ele passou por Hamilton Bins por duplo 6/2 e encara Dennis Marcondes, cabeça 2, que venceu Adalberto Spadini por 6/1 6/0. Este será o 11º jogo entre os dois, com Galba liderando por 8 a 2 no geral.

Nos 55 masculino, Marcelo Krebs venceu o duelo gaúcho na semifinal contra Eurico Carvalho por 6/1 7/5 e encara o chileno Claudio Trivinos, o principal favorito e ex-número 1 do mundo, que derrotou o brasileiro Claudio Beduschi por 6/4 6/2. Krebs buscará seu 11º troféu no evento, que ganhou em 2007, 2008, 2009, 2010, 2015, 2016, 2017, 2019, 2021 e 2022.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE