PLACAR

Gimenez bate Zanellato e tenta primeiro título

Igor Gimenez (Foto: João Pires/Fotojump)

Santa Cruz (Bolívia) – Numa partida intensamente disputada, Igor Gimenez conseguiu sua primeira vitória em quatro duelos contra Nicolas Zanellato, está na final do torneio de US$ 15 mil que acontece em Santa Cruz, sobre o saibro boliviano, e vai buscar neste domingo o primeiro título profissional de sua curta carreira.

O paulista de 23 anos e 839º do ranking superou o compatriota dois anos mais jovem, que era também o segundo cabeça de chave e 472º do mundo, com as parciais de 7/5, 4/6 e 6/4.

A campanha de Gimenez é especial. Ao longo da semana, ele já superou três cabeças de chave, tendo vencido o terceiro inscrito Ignacio Monzon, o sexto cabeça Arklon Huertas e agora o segundo principal favorito. A campanha garante seis pontos no ranking – oito pela final, porém ele terá de descontar dois do pior resultado – e pode levá-lo ao melhor ranking, que foi o 823º.

Seu adversário sairá do duelo desta noite entre o local Juan Carlos Prado e o argentino e cabeça 5 Valerio Abolan,

Nas duplas, o catarinense Bruno Fernandez e seu parceiro argentino Lorenzo Rodriguez pararam na semifinal, ao cairem diante do argentino Tomas Farjat e do peruano Arklon Huertas, principais cabeças de chave, por 6/3 e 6/4.

5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Jorge Luiz
Jorge Luiz
2 meses atrás

Parabéns Gimenez, corrigindo, a vitória valeu 8 pontos, não 6

Jorge Luiz
Jorge Luiz
2 meses atrás
Responder para  José Nilton Dalcim

Tem razão

Guilherme do ES Ribeiro
Guilherme do ES Ribeiro
2 meses atrás

Que legal. Primeira final do Gimenez. Mais um tenista brasileiro a conseguir uma final em torneio profissional. Será o quarto tenista da geração 2000 a conseguir, depois de Wild, Reis e Klier. Nas gerações mais recentes, só a de 95 não conseguiu formar um finalista

Guilherme ES Ribeiro
Guilherme ES Ribeiro
2 meses atrás

Gimenez vai entrar no TOP800 e bater o melhor ranking. Se conquistar o título, ficará próximo do TOP700

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Bopanna entra para a história do tênis aos 43 anos

A emoção de Hsieh e Mertens com o novo título de Slam

PUBLICIDADE