PLACAR

Gauff tem mais uma vitória fácil em Wimbledon

Foto: AELTC

Londres (Inglaterra) – Mesmo sem tirar o máximo de seu saque, Coco Gauff obteve mais uma vitória tranquila em Wimbledon. Cabeça de chave 2 de um Grand Slam pela primeira vez em sua jovem carreira, a norte-americana passou desta vez pela romena Anca Todoni, que saiu do qualificatório e é apenas 142ª colocada, com as parciais de 6/2 e 6/1. Na estreia de segunda-feira, Gauff também cedeu apenas três games para Caroline Dolehide.

Em sua quinta participação no All England Club, Gauff busca superar a quarta rodada pela primeira vez, campanha que obteve em 2019. Em outros torneios sobre a grama, a campanha mais relevante foram três semifinais, incluindo o recente torneio de Berlim, há duas semanas.

Sua adversária sairá do duelo entre a britânica Sonay Kartal, 298º do mundo que surpreendeu a romena Sorana Cirstea na estreia, e a francesa Clara Burel, 45ª do ranking. Gauff está no mesmo setor onde estão nomes fortes como Sloane Stephens, Naomi Osaka, Emma Navarro e Diana Shnaider, que lutarão entre si por vaga nas oitavas.

Mesmo com índice muito baixo de primeiro saque, que não passou de 38% de sucesso, Gauff gastou apenas 39 minutos para dominar a primeira série. Todoni disputou seu primeiro Grand Slam da carreira e mostrou-se típica tenista de saibro, vindo do título do WTA 125 de Gaiba no mês passado.

A campeã do US Open, no entanto, foi muito efetiva no fundo de quadra, atacou sempre o segundo serviço da romena – ganhou 8 de 10 pontos – e com isso capitalizou dois dos cinco break-points que conseguiu. Seu único game instável foi o quarto, em que precisou evitar a quebra por duas vezes.

Gauff voltou a abrir vantagem muito cedo no segundo set, abrindo 2/0 e 3/1, e teve paciência para esperar a hora certa de trocar direção para chegar a uma segunda quebra e aí a tarefa ficou ainda mais fácil.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Reveja os melhores lances da final masculina de Wimbledon

Momento histórico: Hewett completa o Slam em Wimbledon

PUBLICIDADE