PLACAR

Gauff é mais exigida, mas segue sem perder sets em Paris

Foto: Clement Mahoudeau/FFT

Paris (França) – Depois de ter vencido uma estreia bastante tranquila em Roland Garros, Coco Gauff foi mais exigida em seu segundo compromisso em Paris, mas conseguiu outra vitória em sets diretos. A atual número 3 do mundo superou nesta quarta-feira a eslovena Tamara Zidansek por 6/3 e 6/4 em 1h31 de partida.

“O jogo estava bem lento hoje, o quique da bola estava diferente, por causa da chuva e da umidade. Mas tentei ser agressiva. A torcida me ajudou muito, principalmente as crianças que estavam apoiando bastante”, comentou Gauff durante a entrevista em quadra.

Finalista de Roland Garros em 2022, Gauff chegou pelo menos às quartas nas últimas três edições do torneio. A norte-americana de 20 anos agora espera pela vencedora da partida entre a chinesa Yafan Wang e a ucraniana Dayana Yastremska, que só vão se enfrentar na quinta-feira, por causa da chuva.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Superada por Gauff na segunda rodada, Zidansek foi semifinalista em Paris em 2021 e está com 26 anos. Ex-número 22 do mundo, ela é a atual 131ª do ranking. Nos últimos anos, sofreu com lesões no ombro e também teve uma pneumonia bacteriana que comprometeu sua rotina de treinos e competições. A eslovena teve que passar pelo quali em Paris.

Gauff mostrou poder de reação nos dois sets da partida. Quebrada ainda no game de abertura, a norte-americana estava perdendo a primeira parcial por 3/1, mas conseguiu vencer cinco games seguidos. E no segundo, ela teve muitas oscilações no saque, com apenas 50% de primeiros serviços em quadra e quatro duplas faltas. Até o 4/4 no oitavo game, eram duas quebras para cada lado e seis break-points salvos pela norte-americana. Mas depois ela voltou a quebrar e manteve o saque no último game da partida.

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Alcaraz e Murray: treino entre campeões em Queen's

Os melhores lances da campeã Boulter na grama de Nottingham

PUBLICIDADE