PLACAR

Fonseca vence Popyrin na grama e já pensa no futuro

Foto: Giorgio Armani Tennis Classic

Londres (Inglaterra) – Um dia depois de ter disputado do quali de Wimbledon e ser superado em uma estreia muito equilibrada, no tiebreak do terceiro set, João Fonseca foi convidado para participar da série de exibições do Hurlingham Club, em Londres e venceu um adversário de bom nível na grama, o australiano Alexei Popyrin, 47º do ranking, por 7/6 (13-11) e 6/3.

Em uma primeira parcial equilibrada e decidida no tiebreak, Fonseca chegou a salvar alguns set-points colocando o primeiro saque na quadra e fez bom uso de slices e curtas até que o australiano cometesse um erro com o forehand que definiu o set. Logo no início do segundo set, o brasileiro conseguiu uma quebra de serviço e sustentou a liderança ao manter seus games de serviço.

Após a partida, Fonseca deu entrevista em quadra e falou sobre a escolha de fazer uma longa série de torneios na grama, jogando os challengers de Surbiton e Nottingham, além do ATP de Halle e do quali de Wimbledon. A definição do calendário é pensando no futuro.

“Estou pensando em desenvolver o meu jogo”, declarou

“Joguei quatro semanas na grama e as pessoas no Brasil me disseram que eu estava louco, porque não é minha superfície favorita”, disse Fonseca após o jogo. “Mas estou pensando no futuro e em desenvolver meu jogo. Quero jogar em Wimbledon e fico feliz por jogar esse tipo de evento. Faz parte do processo para que eu possa evoluir como jogador”.

“Eu digo que as coisas na minha vida estão acontecendo muito rápido. Um ano atrás, eu estava jogando no juvenil e decidi ser profissional. E é um pazer jogar nesse tipo de evento e nesses estádios. Agradeço muito pelo convite, foi um prazer jogar aqui e espero voltar no próximo ano”, acrescentou o carioca de 17 anos e 215º do mundo. Ele está com o melhor ranking da carreira e falou sobre suas inspirações no tênis. “Meu ídolo sempre será o Roger e hoje em dia eu me inspiro muito no Sinner e no Alcaraz. Eles são muito jovens e jogam muito bem”.

+ Clique aqui e siga o Canal do TenisBrasil no WhatsApp

Popyrin, que recentemente entrou no top 40 do ranking e tem dois títulos de ATP, foi bastante elogioso a Fonseca: “Joguei contra um jovem promissor e que fez com que eu me sentisse velho em quadra. É a primeira vez que eu me sinto assim na minha carreira”, disse o australiano de 24 anos. “Ele é apenas um ano mais velho que a minha irmã menor, que para mim é um bebê, e tem um ótimo saque e joga muito bem. Se ele continuar assim, vai conquistar grandes coisas no esporte”.

14 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Arajaribu
Arajaribu
27 dias atrás

Mazah, que bela experiência!! Apesar de ser um “amistoso ” vai pegando “casca” numa superfície quase inexistente no Brasil…

Renato
Renato
27 dias atrás
Responder para  Arajaribu

Exatamente. E fora isso, o cara mostra que tem a cabeça no lugar, tem foco, e sabe que o começo é difícil. Mostra humildade nas entrevistas, e vontade nos jogos. Tomara que vá longe mesmo, tenha grandes conquistas no tênis.

JBG
JBG
27 dias atrás

Fonseca é incrível sabe bem o que está fazendo. Muito focado e pés no chão, o caminho é esse mesmo. Tem como ídolo Roger Federer, inspiração no jogo do Sinner e Alcaraz. Popyrin soltou um grande elogio sobre seu jogo, Fonseca no caminho certinho, às coisas vão acontecendo com o tempo. Se mantiver essa mentalidade igual da Mirra Andreeva com seriedade e serenidade vai colher frutos logo logo… A Mirra Andreeva é um pouco gênio forte e esquentadinha mas tudo bem, prodígios os dois, maturidade muito grande pela pouca idade. Espero ver os dois em breve ganhando torneios. Sou fã da Linda Noskova, Mirra Andreeva, Victoria Barros e João Fonseca. Jovens chegando com tudo, isso é bom para tênis um ar fresco para nós.

Última edição 27 dias atrás by JBG
Renato B
Renato B
27 dias atrás

Talento excepcional, boa cabeça e boa equipe! E tendo o Federer como exemplo, não tem como dar errado!

Blumenau
Blumenau
27 dias atrás
Responder para  Renato B

Torço para em breve ver este rapaz promissor como nº 1 do Brasil botando os Thiagos no bolso.

Thiago
Thiago
27 dias atrás

Fonseca tem uma mentalidade – e um suporte extra quadra – muito diferenciados mesmo. Já tá com o pensamento lá na frente, adquirindo casca pra ser campeão em qualquer superfície.

O resultado de hoje, que infelizmente não vale nada, mostra que quando o garoto joga solto é infernal pra qualquer jogador do circuito.

Leandro Schulai
Leandro Schulai
27 dias atrás

Resultado mostra o que todos nós sempre acreditávamos: que o jogo do Fonseca encaixa muito na grama. A questão infelizmente nessa gira foi o mental. Certeza que a expectativa de jogar seu primeiro slam mexeu mto com a cabeça do garoto.

Agora espero que no Hard e já mais cascudo as coisas sigam andando.

Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
27 dias atrás

Realmente o mental pesou no quali de Wimbledon,o garoto quando joga solto é um terror pra qualquer um do circuito.

Leonel
Leonel
27 dias atrás
Responder para  Matheus Ferreira

Matheus, vc falou bem. Jogando solto e já adquirindo casca , vai fazer bonito e ser top com certeza. Wild também, basta olhar o jogo dele contra o Rublev na quadra dura. Aquele é o wild verdadeiro que gostaríamos de ver sempre. Contra o Medvedev também foi fera. A dupla nossa será wild/fonseca. Quebenção meu Deus. veremos muitos jogos sensacionais com brasileiros.

jose carlos
jose carlos
27 dias atrás

Não da pra tirar absolutamente nenhuma conclusão ou formular qualquer juízo de valor sobre o caráter e a personalidade de um atleta baseado em “entrevistas” decoradas e pré-fabricadas por “assessores de imprensa” e depois “repercutidas” na “mídia especializada”. Isto vale para qualquer esportista de qualquer modalidade hoje em dia. Tirando isso, a turnê pelo Reino Unido e Alemanha parece ter sido bem proveitosa para o rapaz.

Vanessa
Vanessa
26 dias atrás
Responder para  jose carlos

Bem que você queria que isso fosse uma verdade absoluta. Porém, tudo o que o João fala, ele demonstra em quadra.

Última edição 26 dias atrás by Vanessa
Carlos Cunha
Carlos Cunha
27 dias atrás

Claro que Roger é um fenômeno, mas não tem a grandeza inigualavel do nosso eterno idolo GUGA.

Gus
Gus
27 dias atrás
Responder para  Carlos Cunha

Não tem a grandeza? Kkkk sou fã do Guga mas calma moreno

Paulo Vinícius da Silva Reis
Paulo Vinícius da Silva Reis
26 dias atrás
Responder para  Gus

Gus, Guga também é gigante. Não precisa ter 20 GS pra reconhecer que ele é uma lenda do esporte. Para nós brasileiros, o Guga tem sim mais importância que Federer

PUBLICIDADE

VÍDEOS

Fils vence a grande batalha de Hamburgo em cima de Zverev

Veja como Zheng chegou ao bicampeonato em Palermo

PUBLICIDADE